A confiança no Clube de Regatas do Flamengo em forma de Blog !!! www.ConfionoMengao.blogspot.com

sábado, 11 de agosto de 2007

Flamengo vence o Náutico de virada: 2 a 1


Antes de começar a partida, os atletas do Flamengo que estiveram nos Jogos Pan-Americanos foram homenageados pela torcida com muita festa. Nomes como os irmãos Hipólito e Jade Barbosa estiveram presentes. Dentro do gramado, o Flamengo, que não jogava há quase dois meses no Maracanã, aproveitou a volta da parceria com a torcida e derrotou o Náutico por 2 a 1 e conseguindo sua primeira vitória no Maracanã, neste Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, o Rubro-Negro chegou aos 15 pontos, mas ainda continua na 19ª colocação, só que com 15 jogos. O Timbu permaneceu com vinte, na 16ª posição, com 19 partidas disputadas.

Todos esperavam que o Flamengo partisse para cima, mas errando muitos passes foi o Náutico que começou melhor o jogo e teve a primeira oportunidade graças a uma bobeada de Bruno. Hamilton bateu de longe e o goleiro bateu roupa, mas conseguiu afastar o perigo.

Aos 11 minutos, os pernambucanos abriram o placar em um lance de muita sorte. Felipe recebeu na grande área, girou em cima de Ronaldo Angelim e bateu cruzado. A bola desviou em Cristian e entrou.

O Flamengo, que só havia chegado em uma cobrança de falta de Cristian, foi premiado em outro lance de bola parada. Juan bateu falta. O capitão Fábio Luciano foi mais rápido que o goleiro Eduardo e tocou de cabeça para o fundo das redes do Timbu.

O gol deu um ânimo a mais para o Rubro-Negro, que passou a buscar a virada. Aos 31, Roger perdeu boa chance chutando por cima da meta de Eduardo. O Náutico aproveitava os contra-ataques e contava com uma boa apresentação de Acosta e Felipe.

Em um desses lances, a bola chegou até Felipe na grande área. Como um replay do primeiro gol, o atacante girou e bateu cruzado. A bola passou raspando a trave direita de Bruno.

Depois dos 40 minutos, a partida ficou ainda mais movimentada. O Fla teve duas excelentes chances e o Timbu uma. Na primeira do Rubro-Negro, Ibson deu um belo chute e Eduardo fez uma excelente defesa. Depois o lance mais incrível do jogo: Cristian recebeu dentro da área e bateu. Eduardo espalmou e a bola voltou para o volante, que cabeceou na trave. No rebote, Ibson, com o gol livre, cabeceou para fora. O Náutico chegou após uma bola rebatida na área. Marcelo Silva, da entrada da área, bateu para fora.

O segundo tempo começou com mudanças nas duas equipes. Do lado do Fla, Fábio Luciano, com dores musculares, deu a vaga para Rodrigo Arroz. No Timbu, o técnico Roberto Fernandes tirou o atacante Marcelo Silva e colocou o zagueiro Everaldo, mudando o esquema para o 3-5-2.

Antes dos cinco minutos, o atacante Felipe, o melhor do Náutico, chegou duas vezes com perigo. No Fla, Renato Augusto e Leonardo praticamente não eram notados em campo. As melhores oportunidades estavam limitadas a jogadas de bola parada.

O time só melhorou após a entrada do argentino Maxi Biancucchi. O baixinho deu mais movimentação ao antes estático ataque rubro-negro. Aos 25 minutos, o atacante recebeu dento da área, deu um drible no zagueiro e bateu. Eduardo defendeu.

Aos 34 minutos, o lateral-direito Deleu fez falta em Juan e foi expulso. O técnico do Timbu foi rápido e colocou Rafael Mineiro para compor o setor, abdicando ainda mais o ataque. Joel Santana, por sua vez, pôs Léo Lima buscando o gol da vitória.

Neste momento, a pressão do Fla era grande, e o esforço foi recompensado aos 42 minutos. Roger lançou Léo Moura. O lateral entrou na área pela direita e bateu cruzado. A bola bateu na trave e entrou. Aí foi só a galera comemorar.

Na próxima rodada, o Flamengo faz o clássico com o Fluminense, no Maracanã, quinta-feira, em jogo adiado da 11ª rodada. Já o Náutico pega o Atlético-MG, domingo, nos Aflitos.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 2 X 1 NÁUTICO

Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data e hora: 11/08/07 às 18h10min
Árbitro: Paulo Cesar Oliveira (Fifa/SP)
Auxiliares: Nilson de Souza Monção e Márcio Luiz Augusto (SP)
Renda e público: R$ 277,371,00 34.457 pagantes
Cartões amarelos: Cristian, Roger (FLA); Elicarlos, Deleu, Radamés (NAU)
Cartões vermelhos: Deleu, 34'/2ºT (NAU)
Gols: Felipe, 11'/1ºT (0-1), Fábio Luciano, 24'/1ºT (1-1), Léo Moura, 42'/2ºT (2-1)

FLAMENGO: Bruno, Léo Moura, Fábio Luciano (Rodrigo Arroz, intervalo), Ronaldo Angelim e Juan; Rômulo, Cristian (Léo Lima, 38'/2ºT), Ibson e Roger; Renato Augusto (Maxi Biancucchi, 16'/2ºT) e Leonardo. Técnico: Joel Santana.

NÁUTICO: Eduardo, Deleu, Toninho, Vágner e Hamilton; Daniel Paulista, Elicarlos, Radamés (Geraldo, 24'/2ºT) e Acosta (Rafael Mineiro, 37'/2ºT); Marcelo Silva (Everaldo, intervalo) e Felipe. Técnico: Roberto Fernandes.

Fonte: LanceNet


www.ConfionoMengao.blogspot.com - A confiança no Flamengo