A confiança no Clube de Regatas do Flamengo em forma de Blog !!! www.ConfionoMengao.blogspot.com

quinta-feira, 15 de novembro de 2018

PARABÉNS MENGÃO




    O Clube de Regatas do Flamengo comemora nesta quinta-feira dia 15 de Novembro, 123 anos de história. O Flamengo segue na liderança, é o clube de maior torcida do Brasil.  Para o aniversário ficar melhor, só falta do presente!
   Flamengo encara o Santos ainda sonhando com título do Brasileiro 2018, está difícil mas vai que cola, nada melhor do que um vitória no dia do aniversário, pra cima deles Mengo!

sábado, 28 de janeiro de 2017

Flamengo x Boa Vista - Campeonato Carioca 2017



    O Flamengo estreia hoje no Campeonato Carioca, na Arenas das Dunas, em Natal. O Confronto está previsto para iniciar as 19:30. Apesar dos resultados ruins na preparação, ficamos na expectativa por um bom resultado em virtude de sabermos a força de nosso elenco.

    A equipe do Boa Vista não é uma equipe mediana, possui jogadores rodados: Felipe ( ex goleiro do Flamengo), Antonio Carlos, Pedro Botelho, Erick Flores ( ex meia do Flamengo), Feliyppe Gabriel além do técnico Papai Joel, velho conhecido nosso! Mas se Deus quiser dará certo!

    Para essa temporada o Flamengo contratou alguns reforços pontuais: Trauco, Conca , Rômulo e agora Berrío contratado ontem. Acredito que uma das preocupações seja a posição de goleiro, pois, Muralha está super valorizado, Paulo Vitor foi emprestado e sobrou para Thiago a reserva, seria bom contratarmos outro? Ou apostamos no garoto? Fica a dúvida. 


    Sobre a venda do Jorge perdemos um ótimo lateral, porém, visando o interesse do jogador e a vantagem que o clube obteve acredito foi um ótimo negócio. Agora é desejarmos uma boa sorte ao jogador em Mônaco, obrigado Jorge!     


Saudações Rubro Negras!!! 


Obs:  Procuraremos manter nosso Blog atualizado pelo menos 3 vezes, na semana, antes após a rodada, vamos acompanhar passo-a-passo o Clube de Regatas do Flamengo em todas as frentes, ou notícias de maiores repercussões.
 
Aproveito o espaço para divulgar:
Página no Facebook , Grupo no Facebook, Twitter

Vamos junto, apoiar ao Clube de Regatas do Flamengo.


 

quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Não precisamos de goleiro!




O Flamengo está em final de campeonato ainda brigando pela Libertadores mesmo que a porcentagem seja muito pequena, não podemos perder a fé. São Judas Tadeu irá nos ajudar, e em 2016 Libertadores estaremos aí, se Deus quiser.

Ano de eleição  tudo fica parado na Gávea, sejamos sinceros: vocês acham que o atual presidente Bandeira, que por sua vez está cotadíssimo para continuar como presidente não estaria preocupado com a eleição em Dezembro? É claro que sim! E sendo assim, com toda a certeza, nesse mês teremos somente sondagens nada de reforços, somente após a eleição.

O Flamengo dentre esses possíveis reforços querem um goleiro, ao meu ver, o Paulo Victor merece o posto há muito tempo, já mostrou que tem capacidade para ser titular pode falhar, mas é um goleiro regular. Como segundo goleiro, temos o César que também se destaca e mostra serviço quando necessitamos dele. Por que então estamos atrás de goleiro? Não sei. Sinceramente, eu não vejo necessidade, posso estar errado.

sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Flamengo: ruim em campo, pior nas arquibancadas

Com o presidente da Câmara dos Deputados – o “corrupto” Eduardo Cunha - no estádio, Fla Brasília passou imagem de torcida “coxinha”. Aliás, um perfil de torcida que vem crescendo, ultimamente, nos jogos de futebol, principalmente nas novas arenas, inclusive no Maracanã. Foto: página oficial
Por Sturt Silva

Mas que com a derrota ou com a postura do time em campo, fiquei irritado mesmo foi com a torcida do Flamengo no Mané Garrincha.

Estava assistindo pela TV, então se alguém ler esse desabafo e entender que estou com impressão errada da “Fla Brasília”, por favor, escreva seu depoimento nos comentários. 

Depois das boas jogadas do Coritiba, que resultaram em dois gols, com poucos minutos de jogo, o que vi (ou escutei) foi uma massa de gente calada e quando manifestava era de forma negativa como nos momentos em que vaiavam o César Martins (jogador “amarelado” que errava muitos passes). Que torcida é esta? Aquele momento era ainda início de jogo. Ou seja, o momento de cantar, jogar com o time, empurrar o Flamengo para frente. Comprovar empiricamente que não é a “Nação” que tem um time e sim o Flamengo que tem uma “Nação”. E mais: mostrar na prática, mais uma vez, que o Flamengo tem torcedores em todo lugar e não meramente simpatizantes ou torcedores de segunda categoria, como muitos nos acusam.

Para ilustrar melhor o desempenho negativo da torcida cabe destacar que houve muita gente indo embora por volta dos 30 minutos. Parte dos que ficaram gritaram “olé” contra nosso time mais no final. Isso é torcer para Flamengo? Pra mim, não. Temos que ser rubro-negros também nos momentos difíceis. E se procurar vai encontrar mais posturas negativas da torcida do Flamengo, hoje em Brasília.

Coritiba tomou a iniciativa do jogo desde início

Sobre o jogo em si: o Coritiba tomou a iniciativa do jogo, desde início, e fez os gols. O Flamengo tentou reagir, mas não foi tão bem. Tivemos oportunidades com César, Kayke e Paulinho, entre outros. No segundo tempo, o Coritiba recuou totalmente e o Flamengo - sem um jogador técnico que desequilibrasse ou um jogador de força física que pudesse impor sobre os marcadores – não chegou ao gol de Wilson de forma perigosa. Também não acertou os chutes de longa distância, que poderia resultar em gol, como tínhamos feito nos últimos jogos. Para completar: as mexidas de Oswaldo Oliveira não surtiram efeito. Eu diria que foram trocas para pior.

Ainda não somos o time da virada

O jogo de hoje mostrou que o Flamengo de Osvaldo Oliveira não sabe ser o time da virada. Ele atua melhor quando sai na frente no marcador, passa a pressão para o time adversário e depois, no erro do adversário ou no contra-ataque, tendo a velocidade como ponto forte, mata o jogo. A postura contra o Galo deve ser esta. O Atlético, apesar da má fase, é um time de raça e com bons jogadores tecnicamente. Além de ter um dos melhores treinador do Brasileirão.

quarta-feira, 16 de setembro de 2015

O som da torcida do Flamengo!


Podcast sobre o som da torcida do Flamengo. 

Entrevista com Pedro Asbeg, rubro-negro, cineasta e diretor de "Democracia em Preto e Branco" e "Geraldinos". Na edição 68º do "Som das torcidas", programa que conta a história dos clubes através dos cantos de suas torcidas, produzido pela Central 3, Pedro fala sobre as canções rubro-negras no Maracanã e sua relação com a  MPB. Tem Frank Sinatra e Mamonas Assassinas, Bebeto e Moraes Moreira, Neguinho da Beija-Flor e samba-enrendo, rap e samba-rock, etc.


Escuta ai Nação:



segunda-feira, 7 de setembro de 2015

Flamengo: mais prejudicado do que beneficiado


Estudo feito por jornalistas da seção de esportes do jornal "Folha de São Paulo" e do colunista Paulo Vinícius Coelho, até à 22ª rodada do Brasileirão-2015, mostra os prejudicados e beneficiados pelo apito. 

Pelas minhas contas - atualizando com os gols irregulares do Flamengo contra o Fluminense, do Santos contra o Sport e do Cruzeiro contra o Figueirense, na 23ª rodada, - temos os seguintes números:

Prejudicados:

Fluminense e Sport (4);

Galo, Flamengo* e Palmeiras (3); 

*Do Flamengo: (gol irregular do Avaí na 3ª, gol do Flu de pênalti que não existiu na 4ª e gol legal anulado do Fla contra o Corinthians na 13ª); 

São Paulo e Inter (2); 


Avaí, Figueirense, Chapecoense, Joinville, Grêmio, Ponte Petra e Corinthians (1). 

 Beneficiados: 

Corinthians e Avaí (4);

Chapecoense e Santos (3);

CAP, Flamengo*, Cruzeiro e Goiás (2); 

*Do Flamengo (gol irregular de Guerreiro contra o Inter na 12ª e falta de Wallace no gol de Emerson contra o Flu na 23ª);

Inter, Galo, Grêmio, Sport e São Paulo (1).

Para ler reportagem sobre o estudo clique aqui.

domingo, 9 de agosto de 2015

5 coisas que me irritam no jogo do Flamengo

Guerreiro durante o jogo desta tarde contra a Ponte Preta. Por GE
Por Sturt Silva

1- Muitos lançamentos, principalmente pelo alto, para Guerreiro. Os técnicos adversários estudam os esquemas táticos, os pontos fortes e fracos dos times que vão enfrentar. Só os “cegos” não percebem a “dependência Guerreiro” no sistema ofensivo do Flamengo. Lógico que sempre vão fazer marcação individual no nosso camisa 9, principalmente depois dos bons jogos (e gols) nas primeiras partidas. Então: insistir nos lançamentos depois disso é “burrice”. Mesmo quando ele consegue receber as bolas livre de marcação não tem acertado o gol como antigamente.

2- O problema não é jogar com um punhado de volantes, o problema é jogar com vários jogadores, no meio campo, que não sabem sair jogando com a bola dominada. Então: entre Márcio Araújo, Cáceres, Jonas, Canteros e Luis Antônio não se pode escalar mais que dois, a não ser em um momento muito peculiar (como sem opção no banco, ganhando de goleada, etc.).

3- Emerson sempre quer resolver individualmente, o que vem matando algumas de nossas jogadas. Com as novas orientações da CBF, de deixar o jogo corrido, e principalmente contra equipes bem fechadas (como foi o caso de hoje) a opção pela jogada individual de Emerson acaba sendo um problema. Por mais que seja um dos mais esforçado, um dos que tem melhor condicionamento físico (apesar dos 36 anos) e, tecnicamente, um dos melhores em campo.

4- A entrada de um velocista, sendo que sempre temos no mínimo dois jogadores com tal característica em campo. Hoje Borges optou por Gabriel. O físico de Gabriel não ajuda, não consegue armar jogadas e sua velocidade também não está se destacando. Assim como estava acontecendo antes, com Paulinho.

5- César Martins jogando e Samir no banco. Borges disse que ele estava no banco por que a zaga não estava tomando gols. Ou seja: parece não ser problema físico ou médico.  Tecnicamente Samir é um dos melhores zagueiro que o campeonato tem.

Demitir treinador é solução?

Depois da derrota contra a Ponte Preta, a maioria já achou o culpado: o treinador. A questão é que muitos desses que dizem saber mais que o treinador, que pedem o “Fora Cristovão” não vivem o dia-a-dia do Flamengo, não vão aos treinos, não são profissionais da área e estão vendo os jogos pela TV. E ainda querem me convencer que fazem uma leitura de jogo, incluindo como saber escalar, substituir e montar esquemas táticos melhor do que o treinador? 

Com o campeonato no meio, com um elenco bem limitado e com jogadores jogando abaixo do nível que esperamos não sei se a saída do Borges é solução. Só se for para trazer um técnico de ponta, mas nós sabemos que é bem capaz de vir qual quer um desempregado, inclusive demitido da mesma forma que o nosso. E mesmo se vir um bom pode não dar certo. Afinal o primeiro fundamento que devemos levar a sério para que os objetivos sejam alcançados é o planejamento. E o tempo para o de 2015 já passou. 

Outra alternativa seria trocar por um treinador da casa: ganhamos o Brasileiro com Andrade em 2009 e a Copa do Brasil com Almeida em 2013. No entanto, seria uma escolha mais relacionada à filosofia do Flamengo do que uma escolha profissional (que teoricamente deveria priorizar a escolha de um treinador que tem um esquema tático moderno e currículo vencedor). 

Mas como o presidente Bandeira já disse: só faz sentido a demissão do treinador caso este perca o controle do grupo. E será que isso já está acontecendo?

terça-feira, 4 de agosto de 2015

Seleção - os melhores que vi jogar no Flamengo (1997-2015)

Clique para ampliar
Que me lembro, comecei a torcer para o Flamengo em 1997. 

Até interessei por futebol em 1996, mas fui assistir a um jogo, logo torcer, do Flamengo apenas no ano seguinte. O amargo da derrota conheci naquela final do “Rio-São Paulo”, onde o Flamengo perdeu para o Santos de Luxemburgo, em pleno Maracanã. Também entendi que todo jogo podemos eleger um vilão: Bruno Quadros, naquele dia. No mesmo 97, ainda vi o Flamengo perder o Bi da Copa do Brasil para o Grêmio depois de mais um 2x2 no “maior do mundo”.

A primeira conquista que me impactou foi a da MERCOSUL em 99 sobre Palmeiras. Depois vieram a Copa dos Campeões de 2001, além do tri do Campeonato Carioca (99/00/01).

Depois da cassação de Edmundo Santos Silva, mais dois vices na copa do Brasil e lutas para não cair em vários anos no Brasileiro ganhamos a Copa do Brasil de 2006, o Brasileirão em 2009 e novamente a Copa do Brasil em 2013. 

Ainda esperando um título internacional no século XXI: Sul-americana, Libertadores, Recopa e Mundial. Será em 2016?

Vamos lá:

Bruno
Léo Moura
Juan
Ronaldo Angelim
Juan Maldonado
Willians
Renato Abreu
Renato Augusto
Petković
Romário
Adriano.

Técnico: Andrade.

Reservas:

Júlio Cesar, Fábio Luciano, Athirson, Leandro Ávila, Felipe Melo, Elias, Beto, Ibison, Obina, Emerson e Ronaldinho Gaúcho.

Obs: Na zaga não tive dúvida, a não ser no gol, mas acabei optando por Bruno. Talvez devido à história ser mais recente: (Hexa, os pênaltis e os gols). Sobre os laterais e os zagueiros: acho que é quase uma unanimidade os Juans e Léo Moura. Já Ronaldo Angelim pela história que teve no Flamengo e pelo gol do Hexa. O meio de campo foi o setor mais difícil. Comecei com Willians. Meio que ficou sem um segundo volante (a não ser Renato Abreu) e com três meias. Renato Abreu, pelos gols que fez. E entre Elias, Felipe Melo ou Ibson acabei optando por Renato Augusto. E com Pet como o "10'. Na frente entre Romário e Ronaldinho Gaúcho (foi só um título carioca e algumas boas partidas) escolhi o Romário, apesar de ter características parecidas com Adriano.

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

Flamengo em 2015

    Em 2105 será um ano de afirmação para o futebol do Clube de Regatas do Flamengo seremos senão vencedores do campeonato Taça Guanabara, Taça Rio, Campeonato Carioca chegaremos perto e  tenho a visão de que faremos um bom campeonato Brasileiro.
   As vezes me pergunto porque penso dessa maneira, mas a resposta é  bem simples: confio no Luxemburgo, acho ele um ótimo treinador, não de agora, e, sobretudo no Flamengo pelo fato de ser flamenguista assumido.
  O elenco do Flamengo é bom, gostei das contratações, torço pelo Montillo vir vestir o Manto ele é um ótimo jogador, gostei do Arthur Maia contra o Barra Mansa, apesar de ser um adversário teoricamente bem inferior, para se ter um parâmetro mas gostei da atuação dele, espero que possa continuar no ritmo.
  Apesar de ter feito 2 gols no jogo esperava mais de Marcelo Cirino, mas é um ótimo jogador ao longo do campeonato irá evoluir, e se firmar como artilheiro, pois foi pra isso que ele veio. Lembrando que temos Eduardo que ao meu ver é raçudo, ou esforçado.
 Não entendi a contratação do Pará, eu gosto do Leonardo Moura, acho um absurdo ele por tudo que fez pelo Flamengo continuar apenas no Carioca. Pará, é um jogador normal, mas já temos Léo Moura, pra que Pará? Apesar de ter vindo de graça pro Flamengo. Posso estar errado, mas... poderia ter comprado um meia, um atacante... ou economizado os gastos, pois temos Léo Moura.
Foto do Lancenet.com.br

Saudações Rubro Negras!!!

 
www.ConfionoMengao.blogspot.com - A confiança no Flamengo