A confiança no Clube de Regatas do Flamengo em forma de Blog !!! www.ConfionoMengao.blogspot.com

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Números, comparações e conclusões do novo Flamengo.


O Flamengo tem hoje a mesma pontuação do Brasileirão 2009 neste mesmo período da competição, ou seja, 14ª rodada.

Lembremos que, ao contrário deste ano em que temos uma das melhores defesas até aqui com 11 gols sofridos, o setor defensivo foi a dor de cabeça até as chegadas de Maldonado e Álvaro que estrearam na 22ª rodada na vitória de 3x0 sobre o Santo André no Maracanã. Até este jogo, havíamos sofrido 36 gols e marcado 29. Média de 1,6 gols sofridos. Mais que o triplo do que na atual temporada.

Esse ano, o ataque, setor que vem sofrendo com a seca de gols desde as saídas de Adriano e Vágner Love, marcou apenas 13 vezes. Média de pouco menos de um gol por partida.
Inevitável deixar de comparar os momentos de um ano para o outro. E com as chegadas de Deivid e Diogo nos vemos ainda mais tentados a fazer esta analogia.
Com previsão de jogarem juntos apenas na 19ª rodada contra o Santos no Maracanã, a nova dupla de ataque chega com a missão de melhorar este desempenho e fazer com que o time passe a projetar uma nova arrancada em busca do título. Missão esta que não é nenhum bicho de sete cabeças tendo em vista a qualidade dos novatos e do nosso elenco.

Vejo o desafio da arrancada dessa vez um pouco menos complicada, pois considero a parte ofensiva mais rápida de corrigir este ano do que a parte defensiva no ano passado. Além do mais, resolver o problema da criação de jogadas e fazer gols num time que conta com Léo Moura, Juan, Pet, Renato, e Kléberson não pode ser tão difícil assim. Por isso, com um pouquinho mais de paciência, em breve a torcida vai poder ser mais feliz quando o Rogério colocar em campo a vela e a cereja do bolo que estavam faltando. Só espero que tenha competência suficiente para montar um esquema que favoreça o “parabéns pra você” e cale a boca de seus críticos que hoje não o veem como o técnico ideal para o Flamengo.

Correto ou não, admiro a atitude do Galinho em bancar o treinador pelo menos até a chegada dos reforços. É duro ser técnico do Flamengo no primeiro semestre onde geralmente o time não vai bem das pernas devido a ausência de jogadores de alto nível no elenco e o professor sempre passa a ser o vilão devido aos maus resultados. Dessa vez, temos uma situação diferente, onde o técnico foi mantido e os reforços chegaram. Não houve injustiça ou covardia da parte da nova diretoria. Atitude que mostra que Zico é mesmo um cartola diferenciado.
Não significa que o Rogério será o treinador até o fim da competição, mas foi dada a ele a oportunidade de mostrar seu valor tendo à sua disposição um elenco forte e capaz de brigar pelo caneco.
www.ConfionoMengao.blogspot.com - A confiança no Flamengo