A confiança no Clube de Regatas do Flamengo em forma de Blog !!! www.ConfionoMengao.blogspot.com

domingo, 14 de agosto de 2011

Flamengo bobeia e deixa Figueirense empatar

O Flamengo deu a impressão de que venceria sem problema o Figueirense neste domingo, no estádio Orlando Scarpelli. Deivid abriu a vantagem, mas o time catarinense correu atrás do placar no segundo tempo e conseguiu empatar a partida em 2 a 2. Os gols do time da casa foram marcados por Somália e Edson. Com o resultado, o time rubro-negro continua em segundo com o mesmo número de pontos do Corinthians.O Timão empatou com o Ceará no Pacaembu e continua com o mesmo número de pontos do time carioca. Tem uma vitória a mais.Próximo jogo do Flamengo será na próxima quinta-feira, às 21h, no Engenhão, contra o Atlético-GO. Já o Figueirense viaja para o Rio de Janeiro para encarar o Fluminense, , às 19h30, no Engenhão. Ambos válidos pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro.

DEIVID COLOCA FLA NA FRENTE

As principais chances do primeiro tempo foram criadas pelo Figueirense. O time catarinense teve mais volume de jogo e teve um gol corretamente anulado. O Flamengo se limitou a esperar durante toda a etapa inicial o adversário no campo de defesa. Pouco o time carioca conseguiu chegar à intermediária do Figueira.
Renato e Willians também estiveram muito mal na etapa inicial. Erraram muitos passes, proporcionando alguns contragolpes do time catarinense. Mas a qualidade do time fez a diferença. E Ronaldinho apareceu na hora certa e o Rubro-Negro começou na frente o duelo no Orlando Scarpelli.
Dúvida até a véspera da partida, Thiago Neves se recuperou da lesão na panturrilha e começou a partida. Mas pouco foi notado em campo. Os dois times começaram se estudando no início. Figueirense tomando mais a iniciativa e o Flamengo trocando mais passes no meio de campo.
A primeira chance foi criada pelo time Figueirense. Em cobrança rápida de escanteio, Fernandes apareceu sozinho e tocou para o gol. O assistente marcou impedimento de maneira correta. O time carioca demorou a responder. Ronaldinho resolveu aparecer e armou boa joada.
O camisa 10 tabelou com Thiago Neves e a bola sobrou para Léo Moura na ponta direita. Livre, o jogador tentou o cruzamento, mas acabou pegando muito forte na bola. Os muitos passes errados prejudicavam o andamento da partida.
Quando o Flamengo conseguiu trocar bons passes no ataque, saiu uma boa jogada. Ronaldinho tocou de calcanhar para Deivid. O atacante foi calçado. Falta. Ronaldinho bateu com categoria no canto esquerdo e o goleiro Wilson se esticou todo para defender. Logo em seguida veio a resposta. Num passe errado de Renato na intermediária, Bruno arrancou e disparou um chute forte de direita. Felipe caiu e defendeu com dificuldade, aos 20 minutos.
Aos 28, Jakson ganhou na corrida de Junior Cesar e avançou pela ponta direita. O lateral do Flamengo se recuperou e deu o carrinho. Apesar de ter pego na bola, o árbitro marcou falta. Elias mandou direto e obrigou Felipe a fazer defesa difícil. Logo depois, Fernando recebeu dentro da área, mas chutou fraquinho.
Quando o Figueirense era melhor no jogo veio o castigo. 36. Ronaldinho partiu para cima, passou por um adversário e viu Léo Moura aberto para direita. O camisa 10 tocou para o companheiro que fez um cruzamento na medida para Deivid cabecear no cantinho esquerdo de Wilson: 1 a 0 Flamengo.

FIGUEIRENSE BUSCA O EMPATE

Ao contrário do primeiro tempo, o Flamengo começou tomando a iniciativa. Jogando à sua característica, o time trocou muitos passes na intermediária e não demorou muito para amplicar o placar no Orlando Scarpelli. Ronaldinho cobrou a feição a bola na segunda trave, aos 5 minutos, e Deivid cabeceou sozinho para o fundo do barbante: 2 a 0.
Mas o time do Flamengo não teve nem tempo de comemorar a vantagem. Como resposta, Somália, que entrou no intervalo apareceu para diminiuir para o Figueirense. Juninho cruzou na medida para o atacante, que ajeitou e mandou para o fundo da rede: 2 a 1. Depois do gol, o Figueirense passou a pressionar o Flamengo.
O time do Flamengo soube suportar a pressão imposta pelo Figueira e voltou a segurar a bola e trocar passes com segurança de um lado para o outro. Até que a bola sobrou livre para Renato na entrada da área, aos 15 minutos, e o apoiador aproveitou para soltar a bomba. Wilson teve que se virar para colocar a bola para linha de fundo.
Como um legítimo garçom, Ronaldinho apareceu livre pela esquerda e cruzou na cabeça de Thiago Neves. O lance, que tinha tudo para ser o terceiro, acabou sendo finalizado com uma cabeçada desajeitada do camisa 7. A bola foi para fora, aos 20 minutos.
Após a bliz do Fla, o Figueira passou a dominar o jogo com o apoio do torcedor. E depois de uma série de chances, Edson deixou tudo igual no Orlando Scarpelli. O jogador subiu junto com Felipe e conseguiu cabecear para o fundo do barbante. E tudo igual novamente: 2 a 2.Na tentativa de ganhar o jogo e preservar Aírton que já tinha cartão amarelo, Vanderlei Luxemburgo pôs o argentino Bottinelli. Antes, Ronaldinho e Renato tomaram cartão amarelo. O camisa 10 foi por reclamação e chegou ir até o treinador avisar que o árbitro ameaçar tirar o jogador do Flamengo de campo.O time catarinense pressinou na tentativa de conseguir a virada. Em cobrança de falta aos 40 minutos, Pittonii obrigou Felipe a fazer defesa difícil e depois com Edson em bola que sobrou dentro da área
www.ConfionoMengao.blogspot.com - A confiança no Flamengo