A confiança no Clube de Regatas do Flamengo em forma de Blog !!! www.ConfionoMengao.blogspot.com

sábado, 12 de novembro de 2011

Hoje valorizado, Thiago Neves já foi trocado por comida na base


Um dos jogadores mais valorizados do futebol brasileiro, Thiago Neves já teve 50% dos direitos econômicos cedidos para garantir a alimentação das categorias de base do Paraná. Em seis anos, o apoiador, hoje no Flamengo, passou a valer quase R$ 24 milhões, quase 500 vezes mais.

A decisão de repassar parte das promessas para a empresa LA Sports, em 2004, foi do então presidente José Carlos de Miranda a fim de garantir a alimentação dos meninos que ficavam alojados. Do contrário, as categorias de base corriam sério risco de acabar.

O empresário Luiz Alberto investia cerca de R$ 120 mil por ano em alimentação. Em troca, poderia escolher anualmente a metade do percentual de cinco jogadores. O atacante Vandinho, ex-Flamengo, também teve parte dos direitos entregues à LA.

Na época, os recursos aplicados nas categorias de base eram irrisórios e as condições para os atletas estavam beirando a precariedade. A quentinha, por exemplo, vinha de um restaurante que ficava a 20km de distância do centro de treinamento, o que deixava os alimentos frios.

Certa vez, as instalações que atendiam à base ficaram sem luz e sem água. A academia também não era das melhores. Mesmo assim, o time fazia frente aos rivais nos campeonatos.

- Foi a pior fase do Paraná em relação a investimentos nas divisões de base. Os salários ficavam atrasados muitos meses e falam para quem não estar satisfeito ir embora do clube - revelou uma pessoa próxima ao clube. 

Por ironia do destino, a solução encontrada pelos dirigentes para garantir a comida aos jogadores fez com que o Paraná perdesse 50% dos direitos de Thiago Neves, considerado o maior jogador revelado na base do clube depois do meia Ricardinho. Com o valor dos direitos econômicos do jogador, seria possível bancar por 200 anos a alimentação da base do Tricolor da Vila.

Prova disso é o esforço que o Flamengo começa a fazer para comprar 90% dos direitos econômicos do Al-Hilal, fixados em R$ 19,2 milhões.
www.ConfionoMengao.blogspot.com - A confiança no Flamengo