A confiança no Clube de Regatas do Flamengo em forma de Blog !!! www.ConfionoMengao.blogspot.com

segunda-feira, 28 de maio de 2007

Fla e Bota empatam mais uma vez

Depois de três clássicos emocionantes nesta temporada, Flamengo e Botafogo jogaram neste domingo, pela terceira rodada do Brasileiro, em um Maracanã praticamente vazio. Assim como nas três primeiras partidas, os times proporcionaram aos poucos torcedores presentes no estádio um jogo movimentado. Assim como nos jogos anteriores, não houve vencedor. E, em mais uma coincidência, o placar foi 2 a 2, pela terceira vez seguida.
Logo aos 17 minutos, Zé Roberto foi derrubado por Thiago na entrada da área. Como tem sido rotina nesta temporada, falta por ali é perigo para os adversários do Botafogo. Na cobrança, Zé Roberto ajeitou e Lucio Flavio mandou no ângulo de Bruno, que ainda foi na bola, mas não impediu que o Fogão abrisse o placar.
O jogo continuou movimentado, com os dois times perdendo boas chances. Mais técnico, o Botafogo esteve mais perto de ampliar do que o Flamengo de empatar a partida. Mas, assim como nos outros encontros entres os times, o Alvinegro não soube matar o adversário.
Melhor para o Flamengo, que, os 40 minutos, empatou o jogo: Juan cruzou, Leonardo cabeceou, a bola tocou na trave e ultrapassou, por muito pouco, a linha do gol. Reclamações dos botafoguenses, como tem acontecido nas últimas partidas, mas gol confirmado pelo árbitro Héber Roberto Lopes.
Nem deu tempo de os rubro-negros comemorarem: aos 44 minutos, Asprila avançou, tocou para André Lima, que cruzou para a área. Como também tem acontecido rotineiramente nos clássicos contra o Flamengo, Dodô escorou e marcou um belo gol. Foi o quarto do artilheiro contra o rival em quatro jogos neste ano. E isto aconteceu apenas no primeiro tempo.
Na segunda etapa, com Léo Lima no lugar de Paulinho, o Flamengo deu a impressão que partiria para cima do Botafogo. Porém, ficou só na impressão mesmo. Léo mais uma vez não correspondeu à chance que recebeu de Ney Franco e irritou os rubro-negros. O treinador sacou também Leonardo, outro inoperante em campo, e colocou o jovem Paulo Sérgio.
O Botafogo poderia ter ampliado aos 31 minutos. André Lima cabeceou, mas Bruno fez defesa espetacular, mostrando que a torcida tem razão em temer perdê-lo para o futebol europeu.
Como quem não faz, leva. O Fogão deu razão ao ditado e sofreu o gol de empate aos 32 minutos: Ronaldo Angelim cruzou da esquerda e Paulo Sérgio, que havia perdido gol feito minutos antes, se antecipou e tocou para a rede para empatar: 2 a 2.
No jogo das coincidências, dos dois times comandados por treinadores que completaram um ano no comando das equipes nesta semana, o placar não poderia ter sido outro. Mais uma vez, o terceiro seguido empate por 2 a 2. A dúvida de quem é melhor, se o campeão estadual ou o time que joga o futebol mais vistoso da cidade permanece. Que venha o clássico do segundo turno.
Na próxima rodada, o Flamengo, que chegou aos quatro pontos, enfrenta o Sport, na Ilha do Retiro. O Botafogo, que soma sete pontos, recebe o Grêmio, no sábado, no Maracanã.

Fonte: LanceNet
www.ConfionoMengao.blogspot.com - A confiança no Flamengo