A confiança no Clube de Regatas do Flamengo em forma de Blog !!! www.ConfionoMengao.blogspot.com

sábado, 22 de dezembro de 2007

Futebol, Amor e Paixão


“... nos bons e nos maus momentos...”, não sei bem por que, mas, sempre que escuto esta frase lembro-me de casamentos duradouros, fato raro em dias atuais... "na saúde e na doença"...lembro dos meus pais, fariam 45 anos de casados..."na riqueza e na pobreza"...lembro de união de duas pessoas que se amam, se respeitam, se completam...


Futebol também é assim, une a pessoa ao seu clube, nas vitórias e nas derrotas; não há forma de mudar, é algo que ultrapassa qualquer razão... Aí fiquei pensando, é esta a essência do amor, não há razão que explique, mas não há quem não entenda, não há quem não ame...
Claro que não escolhemos o local que nascemos, cidade, estado, região ou país; nem sabemos por antecendência das nossas responsabilidades, obrigações e principalmente, dos nossos direitos. Assim como, por qual seleção iremos torcer. É natural, e claro; sem questionamentos, que seja a seleção de nossa Pátria... Ok, admito que algumas vezes questionamos se realmente vale a pena torcer pela seleção (desvio de verbas, escândalos das Ongs, Caso Renan Canheiros, decepção com políticos; mensalão, cuecão e afins), mas isto faz parte da exceção, de fatos momentâneos...

E cá entre nós, são poucos os casos onde se torce contra “sua própria” seleção; Há, sim, casos de alienação, ou até mesmo indiferença...Mas convenhamos, seleção é uma paixão momentânea, daquelas que pede passagem; guardamos na memória por instantes, quando diz-se que o país entra de chuteiras no gramado...Mas sem jamais esquecer que ali, vestindo a camisa da seleção está um ou alguns que representam nosso clube ( que por baixo da camisa da seleção), ou seja leva para seleção um pedacinho de nosso verdadeiro amor...O Clube de Futebol...


Para o torcedor apaixonado viver o dia a dia do clube, faz parte de nosso cotidiano, faz parte de nossa vida assim como tudo o que nos torna um ser pensante, repleto de sonhos, sentimentos, alegrias, frustrações... O amor, vivido diariamente, aumenta a intensidade da dor diante do fracasso, da derrota, ou do desdém da pessoa amada. Torna-se tragédia, traz angústia pela derrota, ou, pelo sim não recebido. Prazer, alegria e sentimentos indescritíveis nos momentos de vitória ou do beijo tão aguardado...

Assim é o amor, alegria e tristeza, intenso e sem razão... Assim é o futebol, a paixão pelo clube, alegria e a tristeza...Amor surge sem explicação, sem esperarmos, de repente ele está lá, tornando nossos dias mais felizes, ensolarados e com uma brisa suave que toca nosso rosto, nos dá um certo rubor, e sem querer parecer piegas, torna o dia-a-dia da nossa vida algo melhor; o amor não tem um porquê único; há um conjunto de variáveis, fatos e condições que nos levam a este estado que nos faz literalmente levitar...Quem ama sabe que não está só e, acredito nisto, é o que nos faz dar aquele sorriso assim que acordamos, e claro; nos proporciona uma aura de tranqüilidade e segurança em nossas noites de sono...
Costumo dizer que o amor, para mim, é algo inexplicável repleto de bolinhas coloridas, que enche a vida de alegria... Ok; concordo que é difícil dizer à razão o que leva alguém a torcer por um clube, ao menos aqueles que não sofreram a influência direta de um ente querido (no meu caso o pai, os tios, os irmãos)...Um clube ganhador pode ser uma razão, atraindo para si uma grande torcida – São Paulo, por exemplo; assim como um time que perde ou ganha contrariando tudo e todos - meu Flamengo chegando em terceiro lugar neste brasileião...


Influência direta ou indireta, explicada ou não, este amor nasce, cresce e permanece ao longo dos tempos; ganhe ou perca, não há mais como mudar, e nada de “virar casaca”. Mudar de clube é uma heresia digna de quem não gosta de esporte, afinal vencer é um pequeno, mas importante detalhe...O incrível é que esta paixão nos convence que vencer nem sempre é um detalhe, mas, é a única razão do jogo...Para alguns torcedores vencer pode significar estar ou não feliz, podendo ser uma das variáveis que compõe nosso humor...


Pensando bem, a seleção é a paixão, momentânea e ocasional. Sendo assim o clube que torcemos representa o amor, repleto de paixão, que no dia a dia nos conquista e se renova, nas alegrias e nas tristezas, nas horas boas e nas ruins, para sempre...

Sempre é muito? É para sempre? Ou Sempre? Sei lá, mas acredito, melhor creio, ser bem melhor viver o amor, único e precioso, a ter inúmeras paixões...muitos ainda se perguntam: “ Como ter certeza do amor verdadeiro?” Não dá; dá para sentir, dar para olhar nos olhos, dá para ouvir a voz do coração...Aí percebo que prefiro viver este amor, intenso, todos os meus dias, do que me resguardar, ter medo de amar, medo de perder; viver, conviver, amar e ser feliz...

Afinal há muito mais em um domingo de sol do que simplesmente sol de domingo...
www.ConfionoMengao.blogspot.com - A confiança no Flamengo