A confiança no Clube de Regatas do Flamengo em forma de Blog !!! www.ConfionoMengao.blogspot.com

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2008

Bruno: 'Eu me garanto mesmo'


Fisionomia séria e boné enterrado na cabeça, Bruno olha fixamente para frente. Sentado no setor de embarque do aeroporto de Tacna, no Peru, refletiu sobre o empate em 0 a 0 com o Coronel Bolognesi, na estréia na Libertadores. Mas colocou à sua frente outro objetivo imediato: o clássico de domingo contra o Vasco, pelas semifinais da Taça Guanabara.

Em 2007, justamente em uma partida de semifinal do primeiro turno do Estadual, o goleiro foi o herói do Flamengo na decisão por pênaltis. As lembranças positivas se estendem. Evitar o gol mil de Romário com o pé direito, atuação elogiada no Brasileirão de 2007. Definitivamente, o time cruzmaltino não é um adversário que provoque calafrios.

- Tenho esse bom retrospecto contra eles. Espero que domingo isso continue - diz o goleiro, em entrevista ao GLOBOESPORTE.COM.

Desde 2006 na Gávea, Bruno é praticamente uma unanimidade. Se não bastassem as defesas e a segurança que transmite, a atuação reticente do reserva Diego no último domingo, contra o Fluminense, fizeram a cotação de Bruno ir às alturas.

GLOBOESPORTE.COM: Você tem um ótimo retrospecto contra o Vasco. Entretanto, domingo, enfrentará pela primeira vez o Edmundo, conhecido carrasco do Flamengo. Quem leva a melhor neste duelo?

Bruno: O Edmundo sem dúvida é um jogador diferenciado. Mas eu estou confiante. Fui bem contra o Vasco algumas vezes. Peguei pênalti ano passado, evitei o gol mil do Romário, no empate por 1 a 1 consegui fazer boas defesas. É, o retrospecto é bom. Domingo a gente tira isso a limpo.
Neste ano, em seis jogos, você tomou apenas três gols. Dá para dizer que vive por um momento de maturidade e tranqüilidade?

Confio muito em mim. Eu me garanto mesmo. Trabalho muito nos treinos para chegar nas partidas e fazer as defesas.
E acha que a torcida também tem essa confiança?
Sim, mas não apenas a torcida. Passo tranqüilidade e confiança para o time todo. Eu chamo a responsabilidade nos momentos mais difíceis. Nunca vou me esconder e eles sabem disso.

Então, se houver decisão por pênaltis no domingo, até deve rolar um comentário do resto do time: "Pelo menos um pênalti ele pega"...
Eles sabem disso. Todos eles têm essa certeza. Mas vamos esperar, não é? Em um clássico, tudo pode acontecer.
E como será encarar o Tiago, um goleiro que tem fama de artilheiro. Passa pela sua cabeça tomar um gol dele?

Sinceramente? Não quero nem saber do outro lado. Só posso dizer que o Tiago também se destaca defendendo.

Fonte: Globo Esporte
www.ConfionoMengao.blogspot.com - A confiança no Flamengo