A confiança no Clube de Regatas do Flamengo em forma de Blog !!! www.ConfionoMengao.blogspot.com

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2008

Romário está livre para jogar

Thiago Lavinas
Romário em seu julgamento no STJD

Sob o olhar atento do presidente do Vasco, Eurico Miranda, o atacante Romário foi absolvido da pena por doping nesta quinta-feira, por unanimidade. O recurso do Baixinho foi julgado no Pleno do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Desta forma, o craque está liberado para voltar a jogar.

Romário foi suspenso por 120 dias pelo uso de um comprido contra queda de cabelo que continha a substância finasterida. A punição começou no dia 5 de dezembro de 2007.

Presentes

O camisa 11 chegou às 13h para acompanhar a sessão e sentou na segunda fila. Como o Vasco desistiu de defendê-lo, o jogador contratou o advogado Mário Pucheu para assumir o caso. Mas os principais dirigentes do clube compareceram à sessão. Além do presidente vascaíno, o supervisor de futebol do clube, Paulo Angioni, e o vice de futebol, José Luiz Moreira, aparecem no Tribunal para apoiar Romário no julgamento.

Thiago Lavinas
Romário se emociona durante julgamento
Emoção do Baixinho

Os trabalhos começaram pouco depois de 14h. Romário foi chamado para prestar depoimento e disse que estava muito nervoso com a situação. Segundo o Baixinho, é a primeira vez que ele passa por algo assim na carreira. O jogador do Vasco esclareceu que é ususário da finasterida há dez anos, mas nunca foi pego nos exames. Ele destaca também que no dia do jogo contra o Palmeiras, pelo Brasileirão 2007, comunicou aos médicos do clube sobre o uso do medicamento.

O atacante do Vasco começou a chorar ao comentar o difícil momento na carreira. O presidente do STJD, Rubens Approbato, pediu água para o atacante se acalmar. Romário tentou voltar a falar por três vezes, mas não conseguiu. Approbato, então, resolveu interromper a sessão por cinco minutos para o atacante se recompor.

Paulo Schmitt com a palavra

O procurador geral do STJD, Paulo Schmitt, diz que a finasterida continua sendo uma substância proibida e é um agente mascarante. A procuradoria faz suas considerações e pede a manutenção da pena de 120 dias.

Votos

AUDITOR VOTO
Caio César Vieira Rocha Absolvido
José Mauro Couto de Assis Absolvido
Paulo Valed Perry Absolvido
Francisco Antunes Maciel Absolvido
Eduardo Machado Costa Absolvido
Marcílio Krieger Absolvido
Rubens Approbato Machado (presidente do STJD) Absolvido


Destino incerto

Romário tem contrato com o Vasco até o dia 30 de março, mas deixou o clube na semana passada após um desentendimento com o presidente Eurico Miranda. O Baixinho chegou a flertar com o Flamengo, mas o seu destino ainda não está definido.

Fonte: Globo Esporte

www.ConfionoMengao.blogspot.com - A confiança no Flamengo