A confiança no Clube de Regatas do Flamengo em forma de Blog !!! www.ConfionoMengao.blogspot.com

domingo, 6 de novembro de 2011

Thiago Neves dá show, Fla goleia e briga pelo título
















O Flamengo passeou em cima do desesperado Cruzeiro: 5 a 1, jogando no Engenhão - com três gols de Thiago Neves, e voltou a brigar pelo título. Os cariocas têm 55 pontos -rês a menos que o líder Corinthians, e estão na quarta posição. Já o time celeste entrou na zona do rebaixamento, com 34 pontos e na 17ª colocação. O Ceará possui um ponto a mais do que os cruzeirenses, após vitória sobre o Avaí, na Ressacada. Na rodada que vem, no próximo domingo, o Fla encara o Coritiba, no Couto Pereira, às 17h. Às 19h, no mesmo dia, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, o Cruzeiro recebe o Internacional.

O JOGO

Se a proposta cruzeirense era colocar três zagueiros para se fechar e coibir as ações ofensivas dos talentosos homens de frente do Flamengo, a ideia não funcionou muito bem no início. O time carioca pressionava no campo de ataque, dificultando a saída de bola celeste. A Raposa tentava se acertar com a dupla Marquinhos Paraná e Fabrício jogando pela direita. Os donos da casa procuravam aproveitar com Thomas e Ronaldinho Gaúcho os espaços nas costas dos dois cruzeirenses.

Em uma boa troca de passes entre Thomas e Thiago Neves, o meia canhoto colocou a bola na cabeça de Deivid, que completou para o fundo das redes aos 16. Mas o centroavante estava impedido - gol anulado. No talento de Montillo, que era marcado individualmente por Aírton, o Cruzeiro tentava chegar. O camisa 10 fez belo lance pela direita, mas foi travado no momento do chute por Maldonado.A jogada mais manjada da Raposa nesse Brasileirão trouxe frutos novamente. Desvio no primeiro pau de Farías, após escanteio de Montillo, e Anselmo Ramon fuzilou de primeira, sem chance para Paulo Victor, aos 23 minutos.

O Cruzeiro continuou na pressão. Anselmo Ramon deu passe de calcanhar para Diego Renan, que ajeitou para Farías. O argentino chutou por cima do goleiro do Flamengo, mas a bola caprichosamente bateu no travessão. Aos 30, Montillo sofreu pênalti. Victorino, na cobrança, bateu muito alto e a bola explodiu na trave. Se o poste estava contra a Raposa, o mesmo não se aplicava ao Flamengo. Deivid, aos 35, chutou de longe, a bola explodiu no travessão, bateu nas costas de Fábio e morreu na rede celeste.

ETAPA FINAL

Com a entrada de Muralha no lugar de Maldonado o Flamengo tentava dar mais qualidade ao toque de bola no meio de campo, mas sem perder poder de marcação. E o jovem já começou incomodando a zaga cruzeirense. De cabeça, após confusão na área, o volante cabeceou forte e Fábio espalmou para a linha de fundo. Na sequencia, Ronaldinho cobrou fechado, o goleiro celeste deixou passar e Deivid cabeceou para marcar o seu segundo gol, aos quatro minutos, para colocar o Rubro-Negro novamente na briga pelo título.
Aos seis, o Cruzeiro perdeu Montillo, seu principal jogador, com uma lesão muscular. Em disputa de bola com Aírton, ele sentiu a coxa direita e logo pediu substituição, Roger entrou. Se com o argentino já estava difícil, sem ele ficou quase impossível. E o balde de água fria caiu sobre a Raposa em seguida: Muralha lançou Thiago Neves livre nas costas de Léo, o meia chutou firme, no cantinho de Fábio, aos oito minutos. Com a Raposa perdida psicologicamente, o Mengão aproveitou para golear. Muralha, figura que mudou o jogo, cruzou na cabeça de Thiago Neves para o quarto gol, aos 12.

Com o placar ampliado, o Flamengo começou a explorar um jogo de mais toque de bola, deixando o cronômetro correr para assegurar mais três pontos no Campeonato Brasileiro. Mas a fase deprimente da Raposa colaborou para o quinto. Fábio errou na saída de bola, e Thiago Neves encobriu o goleiro cruzeirense, aos 25 minutos. Anselmo Ramon, após chutar a cabeça de Fierro, aparentemente de forma acidental, mas muito imprudente, foi expulso. Com tudo perdido, a Raposa tocou bola e segurou o jogo para que o resultado fosse menos vexatório. Ao fim do jogo, como um maestro, Ronaldinho Gaúcho embalou a festa da torcida flamenguista.

FICHA TÉCNICA

Flamengo 5 X 1 Cruzeiro
 Local: Engenhão, Rio de Janeiro (RJ)
Data-Hora: 6/11/2011 - 17h (de Brasília)
Árbitro: Leandro Vuaden (RS)
Auxiliares: José Chaves Franco Filho e Marcelo Bertanha Barison (RS).

Renda e público: 34.496 pagantes / R$ 586.810,00
Gols: Anselmo Ramon (23’ 1ºT), Deivid (35’ 1ºT e 4’ 2ºT) e Thiago Neves (8’ 2ºT e 12’ 2ºT)
Cartão Amarelo: Alex Silva (Flamengo); Charles e Victorino (Cruzeiro).
Cartão Vermelho: Anselmo Ramon.

Flamengo: Paulo Victor, Léo Moura, Alex Silva, Welinton (David Braz, 26’ 2ºT) e Junior Cesar; Aírton, Maldonado (Muralha, intervalo), Thiago Neves e Thomas (Fierro, 26’ 2ºT); Ronaldinho e Deivid. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Cruzeiro: Fábio; Cribari, Léo e Victorino; Marquinhos Paraná, Charles (Elber, 17’ 2ºT) , Fabrício, Montillo (Roger, 6’ 2ºT) e Diego Renan; Farías (Wellington Paulista, 21’ 2ºT) e Anselmo Ramon. Técnico: Vágner Mancini.
www.ConfionoMengao.blogspot.com - A confiança no Flamengo