A confiança no Clube de Regatas do Flamengo em forma de Blog !!! www.ConfionoMengao.blogspot.com

domingo, 23 de dezembro de 2012

Destino em Vermelho e Preto

Olá, pessoal. Vou lhes contar a breve história e luta da minha vida. Em 1975, devido a guerra que se instalou em meu país (Angola), meus pais decidiram vir para o Brasil.

Tive uma adaptação um pouco complicada, pois com oito anos e deixando para trás um país em guerra, amigos e famíliares, me senti um pouco solitário. Aqui no Brasil os novos coleguinhas estranhavam o meu sotaque e isso fazia com que eu ficasse isolado. Até que no caminho de casa para a escola, algum amigos moravam na mesma rua, e com isso os trabalhos em grupo me fizeram aproximar de alguns novos amigos.
Então percebi que eles adoravam futebol. Eu não tinha muito conhecimento sobre o assunto, mas percebi que o futebol podia me aproximar dos meus novos amigos da escola. Em pouco tempo eu já dominava o tal do futebol; quase todos os meus amigos da escola eram flamenguistas, e no caminho deste aprendizado entre saudade de Angola, amigos e familiares, encontrei no Flamengo o meu porto seguro. Passei a infância e a adolêscencia ouvindo os gols de Zico e as atuações mágicas do time do Flamengo e vibrando com a espetacular torcida rubro-negra. Os gols e jogadas do Zico, recriá-las em meus sonhos me faziam sentir mais acolhido.
Minha primeira ida ao Maracanã foi inesquecível. Aquele mar imenso vermelho e preto me fez sentir vivo para a nova caminhada. Na escola quando o assunto era futebol e Flamengo, eu sempre era chamado para as conversas e assim consegui o meu espaço e conquistar os novos amigos.
Essa mágica do futebol em minha vida não ficou esquecida. Tive então a idéia fazer uma homenagem em forma de agradecimento ao Flamengo, ao Zico, e a todos os jogadores que um dia vestiram o manto sagrado rubro-negro. Junto a isso, uma homenagem ao torcedor que na verdade, é a grande razão de tudo.
Comecei a escrever um roteiro para homenagear o Flamengo, Zico, Jogadores e Torcida em 2007. Em 2008 o roteiro já estava pronto e registrado na Biblioteca Nacional. Nesse ínterim montei um projeto para apresentar ao Flamengo, e com muita felicidade o clube apoiou o projeto e me forneceu uma carta de apoio. Como escrevi o personagem “Sr. Leonidas” para o grande ator e flamenguista Milton Gonçalves, fui a sua procura e lhe apresentei o projeto. Milton Gonçalves elogiou a história e aceitou interpretar o “Sr. Leonidas” e também me forneceu uma carta de apoio.
Sandro Rilhó e Milton Gonçalves (Fonte: arquivo pessoal)
Sandro Rilhó e Milton Gonçalves (Fonte: arquivo pessoal)
Com tudo dando certo, comecei então a procurar uma produtora para fazer uma parceria; já estamos em 2009 e entre promessas, negativas e outras propostas indecorosas encontrei um grande Flamenguista: o Diretor premiado Roberto Berliner da produtora TV Zero, que adorou o projeto e forneceu o apoio da TV Zero. Fechei o orçamento do filme; foi uma fase muito complicada até encontrar o produtor Lúcio Aguiar. Concluimos essa etapa e o orçamento foi enviado para o Ancine e Secretaria de Cultura.
Para dar mais credibilidade ao Projeto, transformei o roteiro em livro e o lançamento é feito na Gávea em setembro de 2010. Com o livro tenho uma das maiores emoções da minha vida, o encontro com o Zico! Enquanto ele falava eu o olhava e me transportava no tempo, na importância que ele teve e tem em minha vida. Em seguida encontro o maestro Junior é uma grande honra conhecer e entregar o livro ao eterno Capitão. Difícil de acreditar, mas estava com uma carta de apoio ao filme do Zico e do Junior.
Sandro Rilhó e Zico (Fonte: arquivo pessoal)
Sandro Rilhó e Zico (Fonte: arquivo pessoal)

Sandro Rilhó e Junior (Fonte: arquivo pessoal)
Sandro Rilhó e Junior (Fonte: arquivo pessoal)
Chegamos em dezembro de 2010 e o Ancine aprova o orçamento e abre a conta para o filme, estava o caminho que começou em 2007 com Roteiro, Carta de Apoio, Milton Gonçalves, Flamengo, Zico e Junior, Apoio de Roberto Berliner e TV Zero, Produtor Lúcio Aguiar, Orçamento Aprovado pelo Ancine!
Começa 2011, e a meta final é conseguir algum patrocinador. Antes disso consigo entrar em contato com os jovens atores e FLAMENGUISTAS Guilherme Boury e Natália Nogueira. Eles aceitam fazer parte do filme e o time principal está quase fechado. Estamos em junho, a luta cotinua e é a maior batalha até agora: conseguir patrocinio.
Uma tarefa quase impossível. Para mostrar a força do projeto criei um Blog de apoio ao filme pelas redes sociais e com o apoio da grande torcida rubro-negra o número de acessos cresce a cada dia. A missão agora é conseguir algum apoio para realizar o filme com o mínimo de custo e com apoio de quem queira participar do projeto.
O meu eterno agradecimento ao Flamengo. Em meus sonhos ainda povoam seus dribles, defesas, e gols.
“Um sonho sonhado sozinho é um sonho,
um sonho sonhado junto é realidade”
(Raul Seixas)

Retirado: Donas da Bola
www.ConfionoMengao.blogspot.com - A confiança no Flamengo