A confiança no Clube de Regatas do Flamengo em forma de Blog !!! www.ConfionoMengao.blogspot.com

domingo, 27 de janeiro de 2013

Em relação às promessas do Flamengo, estratégia tem que ser semelhante a do Santos com Neymar


Por Sturt Silva

Parece mesmo que o filho do Bebeto, Mattheus, vai deixar o Flamengo. Com contrato a vencer no fim do ano e com intenção de não renovar com o rubro-negro, jogador deve ser vendido por apenas 5,4 milhões ao Juventus da Itália.

Mattheus é novo, tem só 18 anos, e tem talento, por que se não tivesse a Juventus não pagaria mais de 5 milhões. Mas parece que Flamengo não soube fazer pressão para que o jogador assinasse contrato longo com multa rescisória alta. O episódio “Adriano” pode estar se repetindo novamente. E ainda tem gente comemorando.

Reproduz um comentário do blog Flamengo Eternamente

Mattheus já foi negociado. Agora o Milan está de olho no Adryan, eles o chamam de "Novo Zico" e, segundo notícias, estão dispostos a pagar R$ 30 Milhões de Euros pela jovem promessa.

 Boa quantia, não? Agora vamos ao que interessa: O mau dos clubes brasileiros  (ou a maioria) é isso, se desfazem das promessas, eles explodem lá na Europa, o dinheiro ganho com essa promessa acaba e o clube fica apenas babando pelo craque que está conquistando a Europa.

Então, vamos resistir a essas tentações. Pois é bem melhor as promessas explodirem aqui no Brasil (Neymar é um ótimo exemplo) em vez de lá na Europa. Pois depois que forem vender a promessa já transformada em craque, quem vai faturar uma bolada vai ser o clube que comprou o jovem como apenas uma promessa.

Ou seja, a solução sempre é simples: contrato longo, multa alta e oferta de condições decentes para trabalhar (inclusive pagamento em dia). Assim o jogador não pode reclamar por falta de estrutura do clube para poder trabalhar e o clube pode valorizá-lo na medida em que ele vai conquistando espaço entre os profissionais e amadurecendo. 

Em relação a Adryan é recusar propostas abaixo do que o passe dele está fixado e trabalhar na valorização de sua imagem durante o tempo do contrato para que caso ele for vendido, um dia, que seja no valor que o clube quer e precisa, que no caso são  82 milhões de reais.

Para isso o exemplo dos valores das negociações do São Paulo (Lucas para o Paris Saint-German por R$ 115 milhões) e Internacional (Oscar para o Chelsea por 79 milhões de reais)  estão ai para aprendermos. Para segurar e manter as promessas valorizadas serve a estratégia escolhida pelo Santos para segurar Neymar (avaliado em 122 milhões de reais, ainda no clube de SP).
www.ConfionoMengao.blogspot.com - A confiança no Flamengo