A confiança no Clube de Regatas do Flamengo em forma de Blog !!! www.ConfionoMengao.blogspot.com

domingo, 16 de setembro de 2007

Bruno garante empate com o Vasco


Flamengo e Vasco terminaram empatados em 1 a 1, mas o jogo teve um vencedor. Com grandes defesas, o goleiro rubro-negro Bruno foi o destaque do clássico deste domingo, pelo Campeonato Brasileiro. O resultado não foi bom para nenhum dos rivais. O Flamengo ainda permanece perto da zona de rebaixamento, e o Vasco não conseguiu voltar à zona de classificação para a Libertadores. A partida teve um início eletrizante, e logo aos três minutos houve um lance capital. Após cobrança de escanteio de Renato Augusto, Jorge Luiz cortou a bola com a mão dentro da área, mas o árbitro Marcelo de Lima Henrique não marcou o pênalti. O Flamengo tinha maior domínio no início e logo reclamou de outra penalidade. Juan cobrou falta e Fábio Luciano reclamou de um puxão de Dudar, aos sete minutos. Mas, num lance isolado, o Vasco abriu o placar aos dez minutos. Depois de cobrança de escanteio de Conca, Bruno ficou no meio do caminho. Leandro Amaral se aproveitou da falha do goleiro, apareceu livre dentro da área para cabecear e fazer 1 a 0. O time cruzmaltino passou a dominar a partida, contando ainda com dois problemas médicos do Flamengo. Renato Augusto sofreu uma falta e deixou o campo com dores na coxa direita. Paulo Sérgio, seu substituto, também saiu ainda no primeiro tempo após falta de Dudar, que resultou numa lesão no ombro direito. No fim do primeiro tempo, o Vasco teve claras oportunidades de ampliar o marcador em chutes de Conca e Perdigão. Nas duas ocasiões, Bruno fez grandes defesas. Mas o castigo veio aos 47 minutos. Após falha da zaga do Vasco, a bola sobrou para Leonardo Moura tocar para o gol e dar nova vida ao Flamengo. Na segunda etapa, a partida continuou equilibrada, mas o Vasco tinha as melhores chances de gol. No entanto, Bruno seguia numa noite de gala, fazendo grandes defesas. Aos dois minutos, Conca chutou e o goleiro se esticou em cima para espalmar para fora. Aos dez, Perdigão emendou da entrada da área, e o goleiro pulou no canto direito para desviar. Com menos objetividade das duas equipes, a segunda etapa teve menos lances de perigo do que a primeira. Flamengo e Vasco se mostravam cautelosos, esperando apenas o momento certo para atacar. No fim, Bruno foi decisivo mais uma vez, ao sair com precisão nos pés de Conca, impedindo que o Vasco conquistasse a vitória. Mas o melhor ficou para o último lance do jogo. Leandro Amaral chutou, e Bruno fez linda defesa. No rebote, Wagner Diniz bateu, e Alan Kardec, no meio do caminho, tirou a bola de cabeça sem querer. Fonte: Globo Esporte
www.ConfionoMengao.blogspot.com - A confiança no Flamengo