A confiança no Clube de Regatas do Flamengo em forma de Blog !!! www.ConfionoMengao.blogspot.com

sexta-feira, 14 de setembro de 2007

Vasco tem Fla e Obina pela frente



O clássico deste domingo, às 18h10m, no Maracanã, vai marcar um novo encontro entre Flamengo e Vasco, o primeiro do atual Brasileirão e, por incrível que pareça, válido pelo returno do torneio nacional (a partida do primeiro turno foi adiada por causa dos Jogos Pan-Americanos e será realizada apenas no dia 18 de outubro). Além da rivalidade que volta a aflorar entre as duas torcidas, o confronto terá o duelo do atacante Obina com a equipe da Colina. Nos últimos anos, a história cruzmaltina e a do Anjo Negro tem contornos dramáticos para ambos os lados. Acompanhe o clássico em Tempo Real com vídeos exclusivos pelo GLOBOESPORTE.COM ou ao vivo pelo Premiere.

Em 2006, Obina fez um dos gols do título do Flamengo sobre o rival na final da Copa do Brasil. Este ano, o Anjo Negro também marcou na semifinal da Taça Guanabara e no mesmo lance acabou sofrendo uma séria lesão no joelho esquerdo. No jogo seguinte, válido pelo returno do Estadual, o Vasco foi a forra e aproveitou a ausência do baiano para vencer por 3 a 0. Agora, o time da Gávea conta com o atacante e os cruzmaltinos terão a chance de triunfar com o carrasco em campo. Na tabela de classificação, o Fla ocupa a 14ª colocação, com 32 pontos. O Vasco está em quinto lugar, com 39.

Venda de ingressos:

Os ingressos para Vasco e Flamengo podem ser encontrados nos seguintes pontos de venda: Gávea, RioSampa, São Januário, sede do Calabouço e bilheterias 5 e 8 do Maracanã (exceto no sábado)

Arquibancada verde, amarela e branca R$ 25,00
Arquibancada verde, amarela e branca (meia-entrada) R$ 12,00
Cadeiras especiais R$ 100,00
Cadeiras especiais (meia-entrada) R$ 50,00
Cadeiras comuns R$ 20,00
Cadeiras comuns (meia-entrada) R$ 10,00


Joel aposta suas fichas em Obina
Do lado rubro-negro, o clássico diante do Vasco é tratado como uma partida que pode colocar o Flamengo de volta à luta por uma vaga nas competições sul-americana. O técnico Joel Santana trata o jogo com muito cuidado e diz que é um privilegiado por ter estado dos dois lados.

- Poucos treinadores tiveram a chance de trabalhar nesses dois clubes. Eu já estive dos dois lados e sei como é essa rivalidade. É um clássico e como a palavra diz: clássico é clássico - afirma o treinador rubro-negro.

Em campo, Joel Santana volta a ter problemas para escalar o time. Souza, suspenso, está fora. Maxi, recuperado de um problema na coxa esquerda, vai ser preparado para o jogo diante do Juventude, no dia 23. Roger, por sua vez, vai seguir aprimorando a parte física. Com isso, Obina é o nome da vez e o treinador rubro-negro aposta todas as suas fichas no Anjo Negro.

- Obina é o Obina. Quando ele entra em campo, entre para fazer gols - analisa Joel.

A única dúvida do treinador para o clássico é na defesa. Joel vai esperar até o último momento para saber de poderá contar ou não com o Fábio Luciano, que ainda sente dores na conxa esquerda. Caso o capitão do Fla seja vetado, Thiago Sales e Rodrigo Arroz brigam por uma vaga na equipe titular.

Roth tem dúvida no ataque

No Vasco, o clássico contra o maior rival sempre mexe com jogadores, dirigentes e torcida. O presidente cruzmaltino, Eurico Miranda, por várias vezes admitiu que duelos contra o Flamengo são campeonatos à parte. E o técnico Celso Roth, que já esteve do outro lado, entendeu bem o recado e resumiu a sensação de todos em São Januário
- Realmente, a partida contra o Flamengo é diferente aqui no Vasco. Esse é um jogo único, importante, não só pela situação no campeonato. Eu pude perceber isso na prática, através do presidente Eurico Miranda - afirma Roth.

Sem o zagueiro Vilson e o volante Amaral, ambos suspensos pelo terceiro amarelo, o treinador vascaíno deve optar pelo argentino Dudar na defesa, ao lado de Jorge Luiz e Júlio Santos. Já no meio-campo, Roth vai apostar em Roberto Lopes ao lado de Perdigão, que volta ao time após se recuperar de uma lesão no tornozelo direito.

A maior dúvida de Celso Roth está no setor ofensivo. O técnico ainda não definiu quem começará jogando ao lado de Leandro Amaral. Apesar dos elogios a Abuda e Alan Kardec, Roth não esconde a preferência por Marcelinho, que marcou os dois gols da vitória vascaína contra os paranaenses. Enílton, que não se recuperou de um estiramento na coxa esquerda, está fora.

Fonte: Globo Esporte
www.ConfionoMengao.blogspot.com - A confiança no Flamengo