A confiança no Clube de Regatas do Flamengo em forma de Blog !!! www.ConfionoMengao.blogspot.com

sexta-feira, 23 de novembro de 2007

A um passo da vaga, Fla reencontra Ney




A perseguição da torcida a Ney na fase final de sua passagem pela Gávea transformou-se em devoção ao substituto. Joel Santana e os jogadores conseguiram arrastar multidões ao Maracanã nestes três meses de reação meteórica.

Domingo não será diferente. Os 82.044 ingressos - novo recorde do Brasileirão - estão esgotados depois de muito tumulto. Para assistir ao jogo, os torcedores passaram noites em claro na fila e duelaram contra spray de pimenta e desorganização na troca de ingressos por alimento.

- Não é de agora que a torcida está do nosso lado. Desde o jogo contra o Náutico, quando estávamos em penúltimo, eles nos abraçaram e nos carregaram. Tudo isso que acontece agora começou lá atrás - diz Joel Santana.

Agora do outro lado, Ney Franco poderá não só admirar a torcida que um dia esteve com ele como também transformar em frustração a festa programada. Empate ou derrota para o Atlético-PR pode complicar - e muito - a situação do Flamengo na tabela.

Os paranaenses estão, de certo modo, cumprindo tabela. Com 51 pontos, não têm chance de chegar à Libertadores, mas praticamente garantiram-se na Sul-Americana. Talvez o papel que os interesse seja mesmo de estraga-prazer.

- Vamos buscar os três pontos, e a responsabilidade maior é deles. Tentaremos os contra-ataques, e o Maracanã oferece espaço para isso - avisa o lateral-esquerdo Michel.

Toró é o desfalque

O Flamengo passou três dias da semana isolado em Teresópolis, na Região Serrana do Rio. O período serviu para afastar os jogadores do oba-oba da torcida e concentrá-los unicamente no "sprint final" que pode garantir a vaga na Libertadores.

O único desfalque do técnico Joel Santana será o apoiador Toró. Ele recebeu o terceiro cartão amarelo e deve ser substituído por Maxi ou Leo Medeiros. Caso o argentino seja o escolhido, Renato Augusto será recuado para o meio-campo.

- Só vou ficar devendo a escalação de um jogador. É um jogo de xadrez e prefiro esperar para saber como o adversário vai jogar para depois anunciar - diz o treinador rubro-negro.

Emprestado pelo Atlético-PR ao Fla, Cristian só poderia jogar se os cariocas pagassem R$ 100 mil. Porém, as diretorias entraram em acordo e o jogador foi liberado sem qualquer ônus.

Furacão ofensivo


Mesmo jogando no Maracanã contra uma imensa torcida flamenguista, o técnico Ney Franco deve optar por um esquema mais ofensivo para o duelo deste domingo. O meia Ferreira retorna da seleção colombiana e deve formar o trio no ataque com Alex Mineiro e Marcelo Ramos. Porém, caso o treinador do Furacão decida escalar o time no tradicional 3-5-2 e deixe o 4-4-2 de lado, Marcelo Ramos deve ir para banco. Nesse caso, Alex Mineiro e Ferreira formariam a dupla de ataque. Marcelo Ramos acredita que há espaço para os três no time.

- O Ferreira vive um grande momento e acredito que tem como jogarmos os três juntos. Seria muito bom também voltar a jogar com o Alex porque é um jogador que eu já conheço (do Cruzeiro, em 1997), nos entendemos muito bem e temos um bom entrosamento tanto dentro quanto fora de campo - comenta Ramos.

FLAMENGO ATLÉTICO-PR
Bruno
Leo Moura
Fábio Luciano
Ronaldo Angelim
Juan
Jaílton
Cristian
Ibson
Renato Augusto
Maxi (Leo Medeiros)
Souza
Técnico: Joel Santana
Viafara
Jancarlos
Danilo
Antônio Carlos
Michel
Valencia
Claiton
Netinho
Ferreira
Alex Mineiro
Marcelo Ramos
Técnico: Ney Franco
Estádio: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 25/11/2007
Horário: 18h10m (de Brasília)
Arbitro: Wilson Luiz Seneme (Fifa-SP)
Auxiliares: Ednilson Corona (Fifa-SP) e Emerson Augusto de Carvalho (SP)
Transmissão: Premiere e SporTV (menos Rio)
Tempo Real: O GLOBOESPORTE.COM
acompanha o jogo em Tempo Real, a partir das 18h10m


Fonte: Globo Esporte
www.ConfionoMengao.blogspot.com - A confiança no Flamengo