A confiança no Clube de Regatas do Flamengo em forma de Blog !!! www.ConfionoMengao.blogspot.com

terça-feira, 18 de dezembro de 2007

Cerro negocia com Fla para manter El Tigre


Isso pode soar aos flamenguistas que o Cerro Porteño anda mal das pernas. Mas o atacante César Ramírez é o grande ídolo do clube paraguaio, que vai aproveitar a presença de dirigentes rubro-negros em Assunção para negociar a permanência do jogador em 2008. O Flamengo detém 70% dos seus direitos federativos.

Nesta quarta-feira, às 19h, serão sorteados no Paraguai os grupos da Copa Libertadores do ano que vem. O evento será acompanhado em Tempo Real pelo GLOBOESPORTE.COM e transmitido ao vivo pelo SporTV.

El Tigre teve alguns bons momentos na Gávea em 2005, quando chegou. Na reta final do Brasileirão daquele ano, por exemplo, marcou o gol da vitória por 1 a 0 sobre o Palmeiras no Palestra Itália e ajudou a equipe a fugir do rebaixamento. Depois, perdeu espaço e foi relegado ao banco de reservas. Ou nem isso. Na final da Copa do Brasil de 2006, contra o Vasco, abandonou o Maracanã ao saber que não ficaria sequer no banco.

- Ele é o símbolo do Cerro, e a torcida o vê como um jogador diferenciado. Quis ir ao Flamengo em 2005 e nós deixamos. Quando não estava mais jogando, pediu para voltar. Não fiquei chateado, pois tínhamos um acordo que previa a sua liberação se houvesse uma boa proposta. O real está valorizado, e não temos como competir - afirmou ao GLOBOESPORTE.COM o presidente do Cerro Porteño, Luis Pettengil, que está confiante na permanência do jogador.

Ramírez ganha o equivalente a R$ 23 mil no Cerro, que pretende manter a sua base e conseguir alguns reforços para a Libertadores. A equipe disputará a fase preliminar, assim como o Cruzeiro. O Flamengo já entrará na fase de grupos.

A saída do atacante paraguaio seria um motivo de preocupação para os cerristas. Neste ano, a torcida não pôde comemorar, já que o time foi vice no Apertura, atrás do Sportivo Luqueño, e no Clausura, atrás do Libertad.

- A torcida adora o Ramírez porque ele é guerreiro. Os jogadores paraguaios nem sempre vão bem no exterior, porque sentem a responsabilidade. Mas esse certamente não foi o caso de Ramírez. Acho que ele não foi bem no Flamengo por causa das lesões - aposta o taxista Pedro Romero, torcedor do Cerro.

O curioso é que Tigre Ramírez nem foi tão bem assim neste ano, pelo menos em número de gols. Marcou uma vez no Apertura e seis no Clausura.

Fonte: Globo Esporte
www.ConfionoMengao.blogspot.com - A confiança no Flamengo