A confiança no Clube de Regatas do Flamengo em forma de Blog !!! www.ConfionoMengao.blogspot.com

sexta-feira, 18 de janeiro de 2008

Confira o esquema tático do Fla

Durante a pré-temporada, o técnico Joel Santana armou um esquema mutante para o Flamengo. As peças, por enquanto, são as mesmas de 2007. Mas, pelo menos no meio, Jônatas e Kléberson devem ganhar a titularidade quando estiverem regularizados. O primeiro entraria na vaga de Jaílton e o segundo roubaria o lugar de Cristian. Toró era favorito a perder posição, mas foi o grande destaque da pré-temporada e dificilmente Joel Santana vai tirá-lo da equipe.

Nas atividades táticas, Jaílton jogou recuado, quase como um terceiro zagueiro. Nesta formação, Fábio Luciano fica na sobra, Jaílton pela direita e Angelim mais à esquerda. Os dois últimos têm a função de cobrir os apoios de Leo Moura e Juan. Os alas, por causa de suas virtudes ofensivas, recebem atenção especial do treinador. Ele ressalta constantemente que os dois não podem subir ao mesmo tempo.

A dupla de volantes do Flamengo no início de 2007 será formada por Ibson e Cristian. Os dois marcam e têm boa saída de bola. Ibson faz a função pela direita e aparece constantemente na área. Por sua vez, Cristian auxilia Juan do outro lado do campo e é o principal cobrador de faltas da equipe.

Formiguinha de Joel Santana, Toró é um volante disfarçado do Rubro-Negro. Embora seja um dos articuladores de jogada, ele recua constantemente para ajudar na marcação. O vigor físico é sua grande arma.
O outro apoiador do Flamengo é Renato Augusto. Teoricamente, ele seria atacante. Mas o jogador conversou com Joel Santana durante a pré-temporada e agora atua um pouco mais atrás. Ele tem a função de avançar com a bola dominada e auxiliar Souza. Na nova função, Renato fez gol em todos os treinos na Granja Comary.

Único centroavante da equipe, Souza repete 2007 e inicia a temporada com a responsabilidade de prender os zagueiros adversários e abrir espaço para os companheiros que vêm de trás.

Time-base:

Bruno; Jaílton, Fábio Luciano e Angelim; Leo Moura, Ibson, Cristian, Toró, Renato Augusto e Juan; Souza

Defesa:

O capitão Fábio Luciano é o responsável pela sobra no disfarçado 3-6-1 de Joel Santana. Ele também é uma importante arma ofensiva nas jogadas de bola parada. Volante por vocação, Jaílton recua para a zaga constantemente e faz a cobertura do lado direito. Angelim, que tem a sombra do contratado Rodrigo, posiciona-se mais à esquerda.

Meio-campo:

Leo Moura e Juan funcionam como alas e são a grande arma ofensiva do Flamengo. Mas, por outro lado, o técnico Joel Santana preocupa-se com o espaço que eles deixam às costas.

Cristian, à esquerda, e Ibson, à direita, repetem a dupla de volantes ofensivos que deu certo na reação rubro-negra no Campeonato Brasileiro de 2007. Os dois alternam também a responsabilidade da saída de bola e chegam constantemente na área adversária.

A armação é feita por dois jogadores. Toró fica à esquerda e Renato Augusto à direita e um pouco mais à frente. Ele funciona como um 'falso' segundo atacante.

É responsável por armar as jogadas, mas também precisa chegar em Souza para não deixá-lo isolado. Toró 'flutua' pelo meio-campo e constantemente aparece na defesa para roubar bolas. É o faz-tudo do Joel. Ambos têm a responsabilidade de marcar a saída de bola

Ataque:

Souza executa o trabalho de pivô de costas para os zagueiros. Dificilmente fica isolado porque constantemente um lateral, um volante e os apoiadores chegam para ajudá-lo.

Fonte: Globo Esporte
www.ConfionoMengao.blogspot.com - A confiança no Flamengo