A confiança no Clube de Regatas do Flamengo em forma de Blog !!! www.ConfionoMengao.blogspot.com

domingo, 17 de fevereiro de 2008

Na volta do Animal, Fla e Vasco buscam vaga na final


Em busca de uma vaga na final da Taça Guanabara, Flamengo e Vasco se enfrentam neste domingo, às 18h10min, no Maracanã. O jogo de número 360 da história do Clássico dos Milhões conta com um atrativo especial: o encontro de Souza, que ainda não balançou as redes cruzmaltinas pelo clube da Gávea, com Edmundo, um dos ídolos do camisa 9 do time de Joel Santana e famoso carrasco dos rubro-negros.

Souza admitiu sua idolatria por Edmundo, apontando o Animal como um exemplo a seguir em partidas entre Flamengo e Vasco.

- Estou bastante motivado para marcar contra o Vasco, até porque estou três jogos sem fazer gols. É sempre importante fazer gols no Vasco e pretendo fazer o mesmo que o Edmundo fazia conosco. Não pretendo me tornar um carrasco, mas me espelho bastante nele, não só como jogador, mas como pessoa - garante o atacante.

O camisa 9 do Fla também tem outra motivação especial para o jogo: avançar à final e, se possível, enfrentar o Fluminense para um acerto de contas com o Tricolor. Mesmo sem explicitar, Souza deixou claro que as brincadeiras dos jogadores do Flu ainda não foram digeridas na Gávea.

- Primeiramente, devemos respeitar o Vasco. Se passarmos, logicamente uma final contra o Fluminense seria especial. (Perguntei: Simplesmente pelo charme do Fla-Flu ou por outras coisas?) Ele: Por outras coisas, com um sorriso irônico no rosto.

Em relação ao time que entrará em campo, Joel Santana tem três dúvidas. Toró, com dores na parte posterior da coxa direita, pode dar lugar a Kleberson. Cristian briga com Jônatas por uma posição no meio-de-campo rubro-negro. Na frente, Diego Tardelli e Marcinho disputam o posto de companheiro de Souza.

O Vasco terá um grande motivo para entrar otimista no jogo contra o seu grande rival. O ídolo da torcida cruzmaltina Edmundo reestreará pelo seu clube de coração logo contra sua vítima preferida. O atacante é a esperança de gols do Gigante da Colina, que tenta quebrar uma série de vitórias em decisões do adversário.

O Animal falou sobre a expectativa para sua quinta estréia com a camisa do Vasco e sobre a partida com o Rubro-Negro.

- Não vivo do passado. Gosto do presente. O momento que me marcou foi o de 97 quando o Vasco bateu o Flamengo no Brasileiro e o negativo foi a derrota no Carioca de 2000. Estou mais experiente e mais tranqüilo. Não tenho pretensão de ser protagonista e o importante é ajudar o time do Vasco - disse à Rádio Tupi.

Com 14 gols marcados sobre o Flamengo jogando pelo Vasco, Edmundo firmou que enfrentar o Rubro-Negro apimenta ainda mais seu primeiro jogo após à volta ao Vasco.

- A estréia sempre motiva principalmente no clássico com Flamengo. Mas eu venho de uma longa inatividade. Treino há quase um mês, mas são quase dois meses e meio sem disputar uma partida. O entrosamento também dificulta, só joguei com Morais neste elenco. A maneira que eu encaro uma partida como esta é que pode fazer a diferença. Hoje tenho experiência e frieza para poder suportar a cobrança de um clássico como este.

A dúvida do técnico Alfredo Sampaio fica por conta de Beto. Com um problema no pé direito, o meia não tem presença garantida. Já o lateral-direito Wagner Diniz, um dos melhores jogadores do Vasco no Carioca, vem de um estiramento na coxa direita e deve ser confirmado.

FICHA TÉCNICA:
FLAMENGO X VASCO

Estádio: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 17/2/2008 - 16h (de Brasília)
Árbitro: Gutemberg de Paula Fonseca (RJ)
Auxiliares: Marco Aurelio dos Santos Pessanha (RJ) e Orlando Hortêncio (RJ)

FLAMENGO: Bruno, Leonardo Moura, Fabio Luciano, Ronaldo Angelim e Juan; Jaílton, Jônatas, Toró (Kleberson) e Ibson; Diego Tardelli (Obina) e Souza - Técnico: Joel Santana

VASCO: Tiago, Wagner Diniz (Marcus Vinicius), Luizão, Jorge Luiz e Calisto; Jonílson, Beto (Andrade), Leandro Bomfim e Morais; Edmundo e Alan Kardec. Técnico: Alfredo Sampaio.

Fonte: LanceNet
www.ConfionoMengao.blogspot.com - A confiança no Flamengo