A confiança no Clube de Regatas do Flamengo em forma de Blog !!! www.ConfionoMengao.blogspot.com

domingo, 6 de julho de 2008

Fla vence o Náutico e se isola na liderança


Com uma excelente atuação no primeiro tempo, o Flamengo superou o Náutico neste sábado, no Maracanã, por 3 a 0. Léo Moura e Marcinho anotaram na etapa inicial e Kleberson completou o placar para a equipe rubro-negra. O resultado confirmou a boa fase da equipe carioca, que se isolou ainda mais na liderança da competição, com 22 pontos. Já o Náutico terá de se reabilitar das duas derrotas seguidas na próxima rodada.

O Náutico começou a partida com uma maior posse de bola. No entanto, foi o Flamengo que abriu o placar. Em uma jogada pelo meio aos 11 minutos, Renato Augusto tocou por cima da defesa. A zaga pernambucana rebateu errado e a bola sobrou para Léo Moura que, de cabeça, tocou por cima do goleiro Eduardo: 1 a 0.

Com o gol, a torcida rubro-negra se incendiou e a equipe veio para a frente. Dois minutos depois, Marcinho recebeu de Obina, mas foi travado na hora do chute. No minuto seguinte, ele tentou de cabeça e Eduardo defendeu. Até que aos 18 a insistência de Marcinho foi premiada. Juan subiu pela esquerda e cruzou na área, a zaga do Náutico cortou errado e o atacante do Flamengo pegou o rebote e chutou no canto: 2 a 0.

A blitz rubro-negra continuou mesmo após o segundo gol. Aos 23, Renato Augusto soltou uma bomba de fora da área que o goleiro Eduardo teve trabalho de espalmar. O Náutico só foi assustar pela primeira vez aos 36, em uma falta de longa distância. Mas quem assustou mesmo foi Cristian, aos 47, em um chute da intermediária.

No segundo tempo, o jogo começou em uma velocidade mais lenta. Mas, assim mesmo, o Flamengo teve uma chance de marcar aos 3 minutos. Renato Augusto cruzou da direita para a área, Marcinho se antecipou à zaga mas chutou para fora. Aos 7, foi o Náutico que quase marcou. O lateral Ruy recebeu sozinho na área mas, na hora da conclusão, o goleiro Bruno saiu do gol e abafou o chute.

O time pernambucano assustou de novo aos 13, com um chute de primeira de Wellington que Bruno defendeu. Mas, novamente, foi o Flamengo que marcou. Um minuto depois, Marcinho rolou para Kleberson na entrada da área. O volante chutou no meio do gol, mas o goleiro Eduardo aceitou: Flamengo 3 a 0.

Empurrado por sua torcida, o Flamengo continuou jogando para a frente. Aos 21, Obina escorou um cruzamento de Juan e por pouco não deixou o dele. Depois disso, o time comandado por Caio Júnior segurou a posse de bola, principalmente com Léo Moura que abusou dos dribles na lateral-direita. Com isso, a equipe rubro-negra controlou o tempo até o apito final do árbitro Jaílson Macedo Freitas.

Com a vitória, o Flamengo disparou ainda mais na liderança do Campeonato Brasileiro. A equipe viaja até Belo Horizonte, onde enfrenta o Atlético Mineiro, na próxima quarta-feira. Já o Náutico chega ao segundo jogo sem vencer e ficar ainda mais longe da zona de classificação para a Copa Libertadores. Com 14 pontos, a equipe pernambucana tentará a reabilitação na competição na próxima quarta-feira, contra o São Paulo, em Recife.

FLAMENGO 3 X 0 NÁUTICO

Estádio: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 5/7/08 - 18h20 (de Brasília)
Árbitro: Jaílson Macedo Freitas – ASP. Fifa (BA)

Renda/público: R$ 743.521,00 / 44.434 pagantes
Cartões amarelos: Léo Moura, Cristian (FLA); Eduardo, Ruy, Geraldo, Hélton e Paulo Almeida (NAU)
GOLS: Léo Moura, 11'/1ºT (1-0); Marcinho, 18/1ºT (2-0); e Kleberson, 14'/2ºT (3-0).

FLAMENGO: Bruno; Léo Moura, Dininho, Ronaldo Angelim e Juan; Jaílton, Cristian, Kleberson e Renato Augusto (Jônatas, 16'/2ºT); Marcinho (Diego Tardelli, 30'/2ºT) e Obina (Souza, 25'/2ºT). Técnico: Caio Júnior.

NÁUTICO: Eduardo, Ruy, Vágner, Luizão e Itaqui (João Paulo, 22'/2ºT); Radamés (Paulo Santos, 35'/2ºT), Paulo Almeida, Hélton e Geraldo; Felipe (Gilmar, 8'/2ºT) e Wellington. Técnico: Leandro Machado.

Fonte: LanceNet

www.ConfionoMengao.blogspot.com - A confiança no Flamengo