A confiança no Clube de Regatas do Flamengo em forma de Blog !!! www.ConfionoMengao.blogspot.com

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

O reencontro de R10 com o Olímpico


Falo hoje sobre o jogo de ontem, que adquiriu contornos históricos, por marcar a volta de R10 ao Olímpico e também contornos dramáticos, por marcar uma virada do Grêmio e dificultar ainda mais as pretensões rubro-negras pelo hepta.

O jogo começou de uma maneira muito interessante para o Flamengo. Todas as atenções estavam voltadas para R10 e logo no primeiro lance de maior perigo ele carimbou o travessão gremista após bela cobrança de falta. Esse primeiro lance dava indícios de uma Flamengo jogando pra frente, com o menino Thomás como titular na vaga de Willians.

E foi isso mesmo o que aconteceu durante quase todo o primeiro tempo. Um Flamengo pra frente, buscando o gol. Que veio aos 24 minutos com Deivid, após bom passe de Thiago Neves e falha de Rafael Marques, o camisa 9 rubro-negro chegou ao seu décimo terceiro gol no Brasileirão, igualando Ronaldinho no quadro de artilheiros rubro-negros.

Aos 35 foi a vez do Flamengo contar com a sorte. Após receber passe de Léo Moura, Thiago Neves arriscou com a direita, que não é a boa, e a bola desviou em Fernando, matando totalmente o goleiro Victor. 2 x 0 Flamengo e a sensação de que mais três pontos voltariam na bagagem e Ronaldinho sairia por cima ao fim do jogo.

Mas no futebol e principalmente quando se trata de Flamengo quando tudo vai muito bem, parece que tem alguma coisa errada e se aparece o comodismo, aí é que essa coisa errada cresce e tudo parece ficar muito mal.

No finzinho do primeiro tempo, num momento em que o Flamengo era extremamente superior, tanto no placar quanto na bola, o Grêmio achou um gol, com o seu artilheiro André Lima.

Esse gol de certa forma mudou completamente o jogo. O Grêmio voltou para o segundo tempo mais confiante e logo no início com outro gol de André Lima, em boa jogada individual empatou a partida.

O Flamengo parece que esqueceu aquele ímpeto ofensivo e raçudo do primeiro tempo e passou a assistir o Grêmio jogar. Era questão de tempo a virada tricolor. Que veio aos 34 minutos, com o camisa 10 Douglas. O gol de virada desestabilizou ainda mais o Flamengo e logo depois acabou saindo o quarto gol gremista, com Miralles.

Fim de jogo, virada gremista, sentimento de vingança consumada da torcida gremista em relação a Ronaldinho Gaúcho, Corinthians, Botafogo e Fluminense vencendo, se distanciando e deixando o Flamengo na quinta colocação.

Quer dizer, é um dos piores cenários que o Flamengo poderia encontrar ao fim dessa 32ª rodada. Mas o Campeonato Brasileiro parece querer mostrar mais e mais, a cada ano que passa, que essas adversidades e esses "cenários ruins" são normais, corriqueiros e não se assustar com eles é que faz toda a diferença. A distância para o atual líder Corinthians é de 6 pontos, restam 6 rodadas. Apesar de todas as dificuldades é ainda perfeitamente possível um hepta. No entanto tem um único probleminha: pra conseguir esse hepta acredito que o Flamengo, de agora em diante, tem que voltar a pôr prática algo que vinha colocando alguns meses atrás: a invencibilidade. Quatro empates e duas vitórias não adiantariam muito, mas a hora de perder precisa ter chegado ao fim também.

E independente de quem está jogando bem ou não, independente se Luxemburgo está escalando e substituindo bem ou não, agora é reta final. O jeito é ir junto com esse time, com suas limitações e erros todos. A meta, creio eu, ainda é e sempre foi o título, mas o "plano de segurança" TEM que ser a vaga na Libertadores. Um ano de 2012 com Copa do Brasil e Sul-Americana seria extremamente chato, desinteressante e decepcionante.

SRN #RumoAoHepta
www.ConfionoMengao.blogspot.com - A confiança no Flamengo