A confiança no Clube de Regatas do Flamengo em forma de Blog !!! www.ConfionoMengao.blogspot.com

quinta-feira, 17 de julho de 2008

Coritiba bate o líder Flamengo e segue invicto dentro do Couto Pereira

O Coritiba provou que é muito forte dentro do Couto Pereira e venceu o Flamengo por 1 a 0, nesta quinta-feira. A equipe alviverde segue invicta em casa. Mesmo com a derrota, o Fla, com 26 pontos, se mantém na liderança do Campeonato Brasileiro com dois pontos de vantagem para o segundo colocado, o Cruzeiro. Foi o primeiro resultado negativo do time carioca fora de casa na competição. Com os três pontos conquistados, o Coxa chega a 17 e fica na décima posição.

Na próxima rodada, domingo, 20 de julho, o Flamengo enfrenta o Vitória, no Maracanã. O Coritiba, por sua vez, vai até o Mineirão medir força com o Atlético-MG.

No primeiro chute, Coxa abre o placar


Mesmo fora de casa, o Flamengo iniciou a partida com mais iniciativa do que o Coxa. Principalmente pelo lado esquerdo, com o lateral-esquerdo Juan, os rubro-negros conseguiam envolver os adversários. Aos três minutos, o camisa 6 tabelou e chutou cruzado, mas bola saiu pela linha de fundo. Se não chegava ao ataque em grande quantidade, na primeira finalização ao gol o Coritiba abriu o placar. Aos 18, Rodrigo Mancha arriscou de longe, a bola desviou em Fábio Luciano e enganou Bruno, que não alcançou: 1 a 0.

Em desvantagem, o Fla se lançou ao ataque em busca do empate. Aos 25, Juan desceu pela esquerda e cruzou para Souza, mas, antes que o centroavante conseguisse a finalização, a zaga fez o corte. Um minuto depois, foi a vez de Cristian mandar uma bomba e assustar o goleiro Édson Bastos. A resposta do Coxa veio aos 28. Hugo girou em cima de Fábio Luciano e chutou forte, mas Bruno, bem colocado, defendeu firme.

Antes do fim do primeiro tempo, o Rubro-Negro, que tinha posse de bola maior do que o Coritiba, ainda criou duas ótimas chances para marcar. Aos 34, Ibson faz um grande lançamento para Juan, que avançou pela esquerda e cruzou na medida para Souza. Na segunda trave, o camisa 9 desviou de cabeça mas não conseguiu mandar a bola para o fundo da rede. Aos 44, a melhor oportunidade dos cariocas. Após cobrança de falta ensaiada, Juan cruzou rasteiro para Jaílton, que desviou de letra e a bola passou raspando a trave direita de Édson Bastos.

Lentidão e nada de gols no segundo tempo

Satisfeitos com o 1 a 0, os paranaenses voltaram do vestiário mais fechados no campo de defesa. O Flamengo, por sua vez, se mandou para o ataque. Aos quatro minutos, Juan aproveitou um rebote da defesa e chutou forte. Édson Bastos defendeu no centro do gol. Dois minutos depois, o goleiro Bruno arriscou uma cobrança de falta, mas chutou muito alto e perdeu a chance.

Aos 20 minutos, um lance polêmico. Jaílton foi cortar um cruzamento e a bola bateu em sua mão. O árbitro mandou o lance seguir. Um minuto depois, outra boa chance do Flamengo. Jônatas arrancou com a bola dominada, entrou na área e chutou com a perna esquerda. Édson Bastos fez boa defesa.

O Rubro-Negro, apesar da iniciativa do jogo e do maior volume de jogo, tinha muita dificuldade para penetrar na defesa alviverde. Aos 37, no entanto, o time carioca conseguiu chegar em boas condições de marcar dentro da área do Coxa. Após o cruzamento da esquerda, Obina chutou de primeira e Édson Bastos se esticou para fazer grande defesa. O Fla tentou até o fim, mas o placar permaneceu inalterado até o apito final do árbitro.

Ficha técnica:

CORITIBA 1 x 0 FLAMENGO
Édson Bastos, Rodrigo (Arilton), Felipe, Maurício e Ricardinho; Rodrigo Mancha, Leandro Donizete (Veiga), Marlos e Carlinhos Paraíba; Keirrison (Kadu) e Hugo. Bruno, Leo Moura, Fábio Luciano, Ronaldo Angelim (Dininho) e Juan; Jailton, Cristian, Jônatas e Ibson; Diego Tardelli (Obina) e Souza (Maxi).
Técnico: Dorival Júnior. Técnico: Caio Júnior.
Gols: Rodrigo Mancha, aos 18 minutos do primeiro tempo.

Cartões amarelos: Hugo, Rodrigo Mancha (COR); Juan, Jônatas, Dininho (FLA).

Público: 34.741 pagantes

Estádio: Couto Pereira. Data: 17/07/2008. Árbitro: José Henrique de Carvalho. Auxiliares: Cleriston Clay Barreto Rios e Márcio Luis Augusto.

Fonte: Globo Esporte
www.ConfionoMengao.blogspot.com - A confiança no Flamengo