A confiança no Clube de Regatas do Flamengo em forma de Blog !!! www.ConfionoMengao.blogspot.com

domingo, 17 de agosto de 2008

Análise superficial do jogo




O Flamengo fez um gol com o chute desviado do Leonardo Moura e parou de jogar, já o Santos se posicionava ao ataque em busca do empate, que veio aos 37 com Kleber Pereira, terminado em 1 a 1.

Na volta do segundo tempo o Santos ainda continuava na mesma batida, e parecia que o Flamengo tinha um certo desespero em ganhar, tanto que se arriscava e deixava a defesa aberta resultado, o Santos chegou aos 2 a 1 novamente com o Kleber Pereira. Depois disso, quem se desesperou em campo foi o técnico que jogou Leonardo Moura na lateral de novo, puxou Luizinho pro lado oposto, colocou Marcelinho Paraíba no meio, tirou o Toró e colocou Maxi, para completar Erick Flores no ataque no lugar do Obina, e num é que deu certo! O time ganhou mais velocidade no ataque, pois tanto o Erick que gosta de fazer jogadinhas bonitas, quanto o Marcelinho mais veloz que o Obina, e o Maxi correm. Aliado a velocidade dos laterais, Flamengo passou a chegar mais ao ataque. Cristian que vinha bem no jogo em jogada infantil foi expulso, agora o Flamengo estava perdendo e com um a menos. Mas nada que nos atrapalhasse a batida continuou atrás do empate, que saiu em uma bela tabelinha na área que Ibson acabou por ser derrubado. Léo Moura cobrou e fez 2 a 2.

Segundo o comentarista da Globo Sérgio Noronha o Marcelinho foi o segundo pior em campo depois de Obina que realmente nada fez em campo, ou melhor, já não faz há algum tempo. Marcelinho tem tudo pra dar certo, joga bem e se posiciona essa foi a minha análise, com tudo tem que arrisca mais. Ultimamente, o único jogar que arriscava ao gol era o Renato Augusto que não está mais no Flamengo.

Mas vamos que dá! Estamos em sexto até agora, temos o Grêmio na quinta-feira se ganharmos deles embolaremos ainda mais a tabela.

Pra cima deles Mengo!


Santos e Fla empatam e escrita continua

Quem nunca ouviu no futebol o clichê: "tabu foi feito para ser quebrado"? Mas esta frase não se enquadra ao Flamengo quando o assunto é vencer o Santos na Vila Belmiro. Mais uma vez o Rubro-Negro saiu sem os três pontos e empatou em 2 a 2 com o Peixe, gols de Kléber Pereira e Léo Moura. O jejum já dura 32 anos, ou dez jogos (sete vitórias do Santos e três empates).

Durante todo o primeiro tempo, parecia que o Santos estava na parte de cima da tabela e o Flamengo na zona de rebaixamento. O Peixe fazia jogadas, trocava passes e criava chances de gol. Já o Rubro-Negro contou com a sorte para fazer o gol e não fez mais nada a não ser correr atrás da bola.

O meio-de-campo do Flamengo marcou mal, Ibson errou tudo que tentou e os estreantes Eltinho e Marcelinho Paraíba foram muito mal. Só quem se salvou foi Bruno, com três grandes defesas, e Léo Moura, autor do gol aos sete minutos. O lateral arriscou de fora da área, a bola bateu em dois defensores do Santos e enganou Douglas.

Mas a equipe santista não desanimou. Apesar de ter caído de produção após a saída de Maikon Leite, que vinha dando trabalho à defesa mas saiu machucado, o Santos chegou ao empate em bela jogada. Kléber Pereira tabelou com Michael, entrou na área e empatou o jogo.

Da forma que as duas equipes vinham jogando, a virada do Santos era inevitável. A dupla Michael/Kléber Pereira voltou a funcionar no início do segundo tempo, o atacante se antecipou a Jaílton e marcou o segundo gol.

A situação do Flamengo poderia piorar aos 19 minutos com a expulsão de Cristian ao dar uma cotovelada em Michael, mas a equipe cresceu e o Santos recuou e foi castigado. Aos 30 minutos, Ibson sofreu pênalti de Domingos. Léo Moura cobrou com perfeição e empatou. No final, as duas equipes buscaram o terceiro gol, o Santos chegou a ter uma bola na trave, mas não mudaram o resultado.

Com o resultado, o Flamengo chegou aos 32 pontos e o Santos aos 18. Na próxima rodada o Rubro-Negro enfrenta o líder Grêmio, no Maracanã, e o Peixe, na zona de rebaixamento, encara o Ipatinga no Ipatingão.


FICHA TÉCNICA
SANTOS 2 X 2 FLAMENGO
Local: Vila Belmiro, Santos (SP)
Data/hora: 17/8/2008 - 16h (de Brasília)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (Fifa-PR)
Auxiliares: Milton Otaviano dos Santos (PR) e José Carlos Dias Passos (PR)

Renda/Público: R$ 141.599,00/ 15.359 pagantes
Cartões amarelos: Michael, Wendel, Domingos (SAN); Obina, Marcelinho Paraíba (FLA)
Cartões vermelhos: Cristian, 19'/2ºT (FLA)
GOLS: Léo Moura, 7'/1ºT(0-1); Kléber Pereira 38'/1ºT(1-1); Kléber Pereira 5'/2ºT(2-1); Léo Moura, 31'/2ºT(2-2)

SANTOS: Douglas, Dionísio (Apodi, 21'/2ºT), Domingos, Fabiano Eller, Carleto; Wendel, Roberto Brum, Michael (Wesley, 41'/2ºT) e Kléber; Maikon Leite (Lima, 19'/1ºT) e Kléber Pereira. Técnico: Márcio Fernandes.

FLAMENGO: Bruno, Jaílton, Fábio Luciano e Ronalgo Angelim; Léo Moura, Cristian, Ibson, Toró (Maxi, 11'/2ºT) e Eltinho (Luizinho, intervalo); Marcelinho Paraíba e Obina (Erick Flores, 27'/2ºT). Técnico: Caio Júnior.

Fonte: LanceNet

www.ConfionoMengao.blogspot.com - A confiança no Flamengo