A confiança no Clube de Regatas do Flamengo em forma de Blog !!! www.ConfionoMengao.blogspot.com

terça-feira, 16 de setembro de 2008

Memória do futebol(DOVAL)

Com a chegada do Sambueza escuto muito se falar de Doval atacante da década de 70.
Como não conhecia muito sobre ele fui pesquisar para saber um pouco mais desse argentino.
Segue um resumo abaixo sobre ele.

Doval
Posição: Centroavante/ atacante

Camisa: 7 e 9

Origem: Buenos Aires (Argentina)

Nascimento: 04/01/1944

Principais Equipes:
San Lorenzo de Almagro-AR (1962 a 1969), Flamengo (1970), Huracán-AR (1971), Flamengo (1972 a 1975), Fluminense (1976 a 1979), San Lorenzo-AR (1979/80).

Principais Títulos:
Campeão Carioca (Flamengo- 1972/1974) e (Fluminense- 1976).

Outros Prêmios:
Taça Guanabara (Flamengo-1972), Artilheiro do Rio em 1972 (Flamengo- 16 gols) e 1976 (Fluminense- 20 gols)

História


Doval iniciou no futebol em Buenos Aires e logo foi para o San Lorenzo, do bairro de Almagro. Chegou a jogar como goleiro, mas não demorou muito para se destacar com a bola nos pés. Aos 18 anos já defendia as cores do time do bairro e por lá permaneceu por sete anos até 1969, quando se transferiu para o Flamengo. Não participou do único título conquistado pelo time argentino, o campeonato Metropolitano do ano anterior a sua saída.

Com cabelos louros e longos e boa-pinta, Doval chegou ao Rio e se encantou com as maravilhas da Cidade. Marcou época nas boates da cidade. Pela técnica, não demorou a se firmar nos gramados. No primeiro ano marcou 9 gols em 29 jogos. E em 1970 atuou 39 vezes e balançou a rede 7 vezes, jogando em todas as posições do ataque principalmente pela ponta.

Mas, se dentro de campo ele não tinha problemas, fora dele o técnico Yustrick não o deixava em paz. Implicava com a barba, os cabelos compridos e com o estilo boêmio do argentino, que acabou mandado de volta para casa em 1971.

Doval passou apenas um ano no Huracán, sem grande destaque. Acabou retornando ao Brasil através do próprio Flamengo. Jogando como centroavante ao lado de Caio, conduziu o time ao título da Taça Guanabara e do Campeonato Carioca de 1972. E terminou como artilheiro da competição com 16 gols. Destaque para as duas vitórias contra o Botafogo (2 x 1), em que o gringo marcou todos os gols do Rubro-Negro. No total, jogou 60 vezes e fez 23 gols na temporada.

Peça-chave no ataque, em 1973 Doval encontrou um jovem parceiro que veio a ser o maior jogador da história do Flamengo: Zico. Eles chegaram a jogar juntos em 72, mas Zico era reserva e entrou apenas com os jogos em andamento. Uma das vezes, inclusive, substituindo o próprio Doval.

Zico como ponta-de-lança e Doval de centroavante faziam uma dupla que era chamada de ?infernal?. A afinação dos dois era perfeita. Em 1974 a dupla levou o Flamengo a mais um título estadual. Doval brilhou intensamente e marcou naquele ano 17 gols com a camisa Rubro-Negra.

Em 1976 acabou envolvido no troca-troca do então presidente do Fluminense, Francisco Horta. Seguiu para as Laranjeiras ao lado do goleiro Renato e do zagueiro Rodrigues Neto. Manteve sua vocação de artilheiro. Marcou 20 gols no Carioca e o Tricolor sagrou-se campeão. Nos dois anos que atuou pelo Flu, jogou 142 vezes e marcou 68 gols.

Doval encerrou a carreira em 1980, um ano depois de retornar ao seu clube de origem , o San Lorenzo de Almagro. O atacante, por sinal, figura na galeria dos maiores atletas do clube agentino. Ironia do destino, o eterno ?moleque? Doval morreu no dia 12 de outubro de 1991 - Dia da Criança - com um infarto ao sair de uma boate na capital argentina.



Curiosidades
* Na Argentina, Doval era conhecido como El Loco.

* Doval disputou um total de 263 jogos com a camisa do Mengão (145 Vitórias, 65 Empates, 53 Derrotas) e marcou 95 gols.

* Uma das imagens marcantes de Doval era sua corrida em direção ao fosso que separava o gramado da geral do Maracanã, após marcar um gol. Ele cerrava os punhos e se curvava para frente.

* Apesar do indiscutível talento, encerrou a carreira sem ter dado uma volta olímpica sequer em seu país. Só foi campeão no Brasil.
Fonte: http://www.ziconarede.com.br
www.ConfionoMengao.blogspot.com - A confiança no Flamengo