A confiança no Clube de Regatas do Flamengo em forma de Blog !!! www.ConfionoMengao.blogspot.com

quinta-feira, 1 de março de 2012

Derrota de ontem é consequência de um modelo de futebol que esta sendo jogado desde 2010

Por Sturt Silva

Ontem perdemos mais uma partida. Esta válida pela primeira rodada da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca. O problema não é a derrota em si, mas a derrota como consequência de um modelo de futebol que esta sendo jogado há muito tempo, desde 2010. Ou seja, a derrota de ontem mostra na prática o futebol real do time do Flamengo.

É claro que, esse ano mesmo, houve jogos onde o time se superou, como por exemplo, contra Real Potosí e o Vasco. Mas fora isso, o que estamos vendo é um futebol apático, medroso e feio. E esse futebol existia com Luxa e continua com Joel. Na minha visão, com Joel a coisa tem piorado ainda mais. Se com Luxa o time, apesar de entrar com três volantes, se soltava em buscas das vitórias, com Joel, o time entra recuado e continua até o minuto final assim.

Em relação ao jogo de ontem não vou reclamar do apito e muito de menos da postura de cada jogador em particular. O jogo de ontem é a práxis do que está sendo desenvolvido no clube já algum tempo. Um trabalho executado na base do imediatismo e sem planejamento ao curto e longo prazo.

Mas tirando essa parte que as criticas foca mais no departamento de futebol e na presidência do clube, em campo as coisas não anda bem. O nosso elenco, apesar de estrelas e jogadores experientes, falta peças de reposição e em algumas posições, até fundamentais, falta pelo menos um titular de razoável para bom.

Quem é o responsável de armar nossas jogadas pelo meio, por exemplo?

Mas como já acabou a época de reforços e o Flamengo resolveu apostar todo dinheiro que conseguiu no Love, esse é o elenco que temos. Assim só restam duas alternativas:

1) trabalhar pesado e ver se com o tempo este time adquira entrosamento e comece a deslanchar, inclusive jogando o futebol bonito que traga em peso a nação para o Engenhão e 2) apostar, que duvido muito que Joel faça, em peças novas, como os jogadores da base, e num time mais aguerrido, que vá pra cima, que supera suas limitações na base da raça e também com um esquema tático qualificado.

Só para fechar esse texto, não fico chateado se as vitórias não vierem no “carioca”, mas desde que o desempenho do time seja bom e que isso sirva de laboratório para nossos jogos na Libertadores.
www.ConfionoMengao.blogspot.com - A confiança no Flamengo