A confiança no Clube de Regatas do Flamengo em forma de Blog !!! www.ConfionoMengao.blogspot.com

quinta-feira, 6 de junho de 2013

Demissão de Jorginho foi um erro, contratação de um treinador “medalhão” pode enterrar a nova política no clube

Por Sturt Silva

A decisão de demitir Jorginho às pressas, depois de mais uma derrota (Flamengo 0 X 1 Náutico), parece ser mais um dos erros dessa nova gestão. Metodologia do sócio-torcedor e contratação de Carlos Eduardo aparentemente faz parte dos mesmos erros, porém necessários para manter o processo de mudança no clube.

Prometendo resolver os graves problemas do Flamengo, a nova diretoria optou pelo “bom e barato”. Era esperado que a opção de “austeridade” se não desse resultado dentro de campo, seria colocada em xeque na primeira oportunidade e neste momento que a nova diretoria teria que se mostrar profissional e não amadora como as outras. 

A demissão de Jorginho deveria ter sido feita de forma racional e planejada. Porém, parece que ocorreu por que houve pressão da torcida e para evitar uma suposta “crise” na mídia. 

Colocar Jorginho como vilão da situação é um erro. Alias, por que a troca de treinador é a primeira opção em momentos de “pré-crise”? Pior: geralmente essa decisão parte, e tem apoios, de departamentos que desconhece a realidade futebolística. Parte, e recebe apoio, de gente que não vive o dia-a-dia do clube ou que é “turista” nas quatro linhas.

Talvez, a saída de Jorginho possa amenizar os ânimos e mudar os rumos da política rubro-negra que está perigando sair do caminho original, não como exceção, mas sim como regra. 

O sócio-torcedor dizendo à nação que ser parceiro é uma obrigação - e não oferecendo “algo mais” para o consumidor rubro-negro - e a contratação de Carlos Eduardo - fora dos padrões aceitáveis de finanças do clube - são desvios (ou erros “planejados” e realistas) que foram feitos para não afetar um projeto maior de longo prazo. 

Mas se continuar assim, no caso contratar um treinador “medalhão” como já se especula, os desvios como exceção passam a ser regra e a mudança no clube não irá além do discurso.
www.ConfionoMengao.blogspot.com - A confiança no Flamengo