A confiança no Clube de Regatas do Flamengo em forma de Blog !!! www.ConfionoMengao.blogspot.com

segunda-feira, 14 de outubro de 2013

A primeira derrota de Jayme Almeida no Flamengo


Por André Amaral do Ninho da Nação 

Ontem o Amaral não colocou mais uma camisa dez no bolso. Conclusão, Seedorf jogou solto, caiu pela direita no segundo tempo e foi decisivo para a vitória Alvinegra.

Se no jogo contra o Internacional o Flamengo demorou a entrar na partida, neste domingo o time voltou a fazer seu tradicional bom jogo nos primeiros minutos. Com uma movimentação intensa de Paulinho e especialmente o Carlos Eduardo, o time conseguiu seu gol com o artilheiro do novo Maracanã, Hernane, com dez gols.

Porém o Botafogo equilibrou o jogo depois de meia hora e passou a dominar mais o meio de campo. Até que conseguiu o empate.

No segundo tempo Seedorf caiu despretensiosamente pela direita para puxar a marcação. Amaral não percebeu e, foi de lá que o holandês criava as melhores chances. Uma bola na trave de Rafael Marques na primeira vez, e um desvio para o gol na segunda.

Péssimo Chicão, que saudades de Samir!

Antes, o Flamengo havia perdido uma grande chance em excelente contra-ataque organizado pelo Elias. Mas Hernane falhou na hora do passe. Quando Hernane acertou, Elias chutou mal.

André Santos foi substituído pelo Luiz Antônio e fez o Elias crescer no jogo. Se Jayme preferir pelo André Santos, tem que colocar o Luiz Antônio pelo menos no intervalo. Carlos Eduardo, pelo contrário, fez uma boa partida.

E várias chances foram criadas e mais gols foram perdidos pelo jogador mais técnico da Gávea. Paulinho e Bruninho também perderam ótimas chances e o Flamengo não conseguiu o placar tradicional do clássico.

De positivo foi o fato do time não ter se cansado no segundo tempo. Claro, placar adverso, o que tem sido raridade jogando em casa, teve que lutar pelo gol. Essa recuada tradicional no segundo tempo é muito mais uma defesa de um time que sabe que é limitado e precisa segurar o placar do que uma "ordem partida do banco".

E diga-se, nem foi na base do abafa com chuveirinhos desesperados que as chances foram criadas, mas sim de pé em pé, com tabelinhas e boas triangulações.

Com esse nível de atuação e tendo mais sorte nas finalizações, o Flamengo caminha sem grandes problemas.
Na Copa do Brasil nos vingaremos!
www.ConfionoMengao.blogspot.com - A confiança no Flamengo