A confiança no Clube de Regatas do Flamengo em forma de Blog !!! www.ConfionoMengao.blogspot.com

quinta-feira, 26 de julho de 2007

Obina volta com tudo e garante vitória do Fla


Na primeira partida como titular após se recuperar da lesão no joelho, o Anjo Negro fez a alegria da galera rubro-negra, em Juiz de Fora. Com um gol do xodó Obina, o Flamengo derrotou o América-RN por 3 a 1, deixou a lanterna e conseguiu quebrar uma seqüência de oito jogos sem vitórias no Brasileirão.

Quem agradece é o técnico Ney Franco, que segue respirando no comando do time. Na próxima rodada, domingo, o Fla encara o Corinthians, em São Paulo. Já o Dragão receberá o São Paulo, em Natal, no mesmo dia.

Um erro para cada lado

Nas arquibancadas, a torcida não esperou nem a partida começar para protestar. Através de faixas, pediam a demissão de Ney e a barração de Irineu. Não precisaram nem se incomodar com o segundo, que sequer foi relacionado para o jogo. Dentro de campo, um gramado irregular e um futebol de baixo nível técnico, que justificava a péssima posição dos times na tabela.

Os jogadores do Fla entraram em campo visivelmente nervosos e com muitas dificuldades para armar as jogadas de ataque. O adversário, bem fechado na zaga, não dava nenhum tipo de espaço, mas também não incomodava na frente. O jogo seguiria morno até o América resolver dar uma forcinha.

Aos 18 minutos, Renato Augusto cobrou falta para a área, a bola passou por todo mundo e bateu na trave. No rebote, Leo Medeiros errou a primeira, Ronaldo Angelim arriscou a segunda e o goleiro Renê tomou um frangaço: 1 a 0. Melhor para o zagueiro rubro-negro, que vestindo a camisa 9 que pertence a Souza, conseguiu o gol que o atacante tanto tem perseguido em vão neste campeonato.

O meia Souza, do Dragão, resolveu chamar à responsabilidade e começou a organizar o ataque potiguar. O gol de empate do América, no entanto, foi sair novamente em jogada de bola parada. Thiago Machado cobrou a falta, Carlos Eduardo raspou de cabeça e o goleiro Bruno ficou apenas olhando a bola morrer no canto esquerdo: 1 a 1. O gol assustou os rubro-negros, que ficaram perdidos em campo e deixaram o primeiro tempo debaixo de vaias.

Ufa! Anjo Negro resolve a parada...

No segundo tempo, o técnico Ney Franco optou por tornar o Fla mais ofensivo, substituindo Thiago pelo atacante Paulo Sérgio. Mas o time continuou sem conseguir penetrar na zaga adversária. A alternativa foi arriscar chutes de longe. E foi em um desses que Jaílton colocou o Fla novamente na frente. Aos 15 minutos, soltou uma bomba, e o goleiro, mal posicionado, aceitou: 2 a 1.

Com o segundo gol, a torcida voltou a apoiar e os rubro-negros aumentaram o volume de jogo e a pressão na área potiguar. Aos 28 minutos, o Anjo Negro provou porque é ídolo da galera. Aproveitou cruzamento na área e ampliou para o Fla: 3 a 1. Apito final e alegria da galera rubro-negra em Juiz de Fora. As faixas de protesto? Ninguém viu mais...

Fonte: Globo Esporte
www.ConfionoMengao.blogspot.com - A confiança no Flamengo