A confiança no Clube de Regatas do Flamengo em forma de Blog !!! www.ConfionoMengao.blogspot.com

terça-feira, 4 de setembro de 2007

Gávea troca 'trem bom' pela 'resenha'


Não chega a ser uma crítica direta ao trabalho de Ney Franco. Mas, nas divisões de base do Flamengo, a empolgação cresceu após a chegada de Joel Santana. Também, pudera. Em pouco mais de um mês no clube, ele passou a dar chances a dois jogadores subaproveitados pelo técnico anterior: o zagueiro Thiago Sales e o volante Rômulo.

Na esteira deles, vem Kayke. O atacante chegou a ser utilizado em um jogo por Ney, mas agora ganhou moral com a boa performance no Mundial Interclubes Sub-19. É a substituição do sotaque mineiro, marcado na Gávea pela expressão "trem bom", pela "resenha" (conversa) da fábrica de jogadores flamenguista.

Mineirinhos dançaram

Não há nenhum preconceito aos jogadores vindos de Minas Gerais. Mas, no geral, as experiências foram malsucedidas. O projeto começou em 2006, com o trio Diego Silva, Walter Minhoca e Leo Medeiros. Apenas o último permanece na Gávea. Depois, vieram outros, como Paulinho e Bruno. O goleiro ficou, com louvor.
"Não dá para negar que o Joel está dando moral aos pratas- da-casa."
Thiago Sales, zagueiro

Mas a safra que veio para a Libertadores é que marcou negativamente a jocosa "República do Pão-de-Queijo". Moisés, Leandro Salino, Thiago, Irineu e Gérson Magrão foram dispensados. Jaílton e Luizinho até permanecem na Gávea. Mas sem muito prestígio. Sorte dos meninos da base.

- É até compreensível terem contratado jogadores mais experientes para a Libertadores. Mas a molecada comenta que 2008 será o nosso ano - aposta Marcelo Lomba, bicampeão estadual de juniores e terceiro goleiro do time profissional.

Nada como um dia após o outro

Os casos de Rômulo e Thiago Sales são emblemáticos. O primeiro, apesar do currículo vitorioso na base, sequer estava integrado ao elenco profissional. O zagueiro, por sua vez, quase nunca participava dos coletivos.
- O Ney tinha os jogadores da confiança dele. Nem acho que isso seja errado. Mas não dá para negar que o Joel está dando moral aos pratas-da-casa. E isso reflete lá embaixo. Os outros garotos ficam muito mais empolgados - declara Thiago.

No time de juniores, outro zagueiro, Anderson Bamba, está na mira dos profissionais. Adílio tenta segurá-lo mais um pouco embaixo. O mesmo vale para o volante Vinícius Colombiano e o apoiador Erick Flores.

Fonte: Globo Esporte
www.ConfionoMengao.blogspot.com - A confiança no Flamengo