A confiança no Clube de Regatas do Flamengo em forma de Blog !!! www.ConfionoMengao.blogspot.com

sábado, 13 de outubro de 2007

Fla consegue vitória chorada sobre o Paraná


O calvário tricolor parece não ter fim. Mesmo jogando na Vila Capanema, o Paraná Clube não conseguiu se impor e foi derrotado pelo Flamengo por 1 a 0. O Rubro-Negro esteve longe de apresentar um bom futebol, mas foi decisivo e conseguiu um gol chorado do zagueiro Fábio Luciano no segundo tempo. O Fla se distancia da zona de rebaixamento e coloca os paranaenses cada vez mais próximos da Série B.

Os rubro-negros voltam a campo na próxima quinta-feira, no clássico contra o Vasco da Gama. A equipe tricolor viaja até São Paulo no próximo sábado para encarar o Palmeiras, no estádio Palestra Itália.



Criatividade zero

Paraná e Flamengo entraram em campo com uma carga pesada nas costas. Era de se esperar, portanto, que demonstrassem muito mais vontade em derrotar o adversário e se afastar do rebaixamento. O que os torcedores presentes no Durival Britto viram, porém, foram duas equipes sem nenhuma criatividade e ousadia ofensiva. Enquanto os tricolores polarizavam seus passes apenas para o artilheiro Josiel, os rubro-negros insistiam em explorar a subida de seus laterais, que estavam pouco inspirados.

O primeiro bom lance do jogo surgiu aos 20 minutos, através de um vacilo da zaga do Fla, que errou na linha de impedimento. Josiel sobrou livre na pequena área e cabeceou para fora. A outra jogada de maior perigo do Tricolor ocorreu somente aos 43 minutos. Josiel recebeu uma bola de costas para o gol e ajeitou para a conclusão torta de Batista. As ações ofensivas do Fla podem ser resumidas a apenas um lance, ocorrido aos 43 minutos. Juan partiu pela esquerda e cruzou para a cabeçada de Souza. O goleiro Flávio acompanhou a jogada corretamente e defendeu bem no canto direito. E foi só!


Pênalti perdido, expulsão e gol rubro-negro

As equipes retornaram para o segundo tempo com um espírito mais agressivo. A primeira chance de gol resultou de um lance inexistente de pênalti. Aos 9 minutos, Paulo Rodrigues avançou pela esquerda e cruzou para Adriano, que trombou com Leo Medeiros e não conseguiu alcançar a bola. O árbitro Alício Pena Júnior assinalou a penalidade. Na cobrança, Josiel bateu muito mal, nas mãos de Bruno.

Para complicar ainda mais sua atuação, o juiz interpretou de maneira equivocada uma falta de Adriano sobre Cristian, aos 13 minutos. O jogador recebeu o segundo amarelo e foi expulso. Com um jogador a mais, o Fla apertou o time tricolor e conseguiu o tão perseguido gol aos 18 minutos. Juan cruzou para a área, Flávio saiu muito mal do gol e Fábio Luciano desviou de cabeça: 1 a 0. O Tricolor ainda tentou partir para o ataque, mas os cariocas administraram o resultado com tranqüilidade.

Fonte: Globo Esporte
www.ConfionoMengao.blogspot.com - A confiança no Flamengo