A confiança no Clube de Regatas do Flamengo em forma de Blog !!! www.ConfionoMengao.blogspot.com

sábado, 15 de março de 2008

Bota e Fla: paz e expectativa no reencontro


A final da Taça Guanabara entre Botafogo e Flamengo teve todos os elementos de uma grande partida: lances polêmicos, confusão e, principalmente, muita emoção. Por isso, apesar de a partida deste domingo, às 18h10m, no Maracanã, ser válida pela fase de classificação da Taça Rio, ela é cercada de expectativa. Qual será a reação dos jogadores e torcedores no reencontro? O clássico será transmitido ao vivo pelo Premiere, e o GLOBOESPORTE.COM acompanha em Tempo Real.

A partida entre Botafogo e Flamengo que começou no dia 24 de fevereiro durou muito mais do que 90 minutos. Seis jogadores alvinegros e o técnico Cuca foram a julgamento por atitudes na decisão. Souza, atacante rubro-negro, ironizou os adversários alguns dias depois, comemorando com um “chororô” um gol sobre o Cienciano, pela Taça Libertadores, o que revoltou os alvinegros.

Mas após a série de polêmicas dentro e fora de campo, os discursos que antecederam o clássico deste domingo foram de paz total. No Botafogo, a palavra revanche foi tratada como uma blasfêmia. No Flamengo, a ordem foi deixar tudo o que aconteceu como parte da história.

- Não é a raiva que vai nos fazer jogar bem, mas o equilíbrio. Então, as coisas acontecerão naturalmente. Numa partida como essa, a tranqüilidade é mais importante do que a motivação - afirma o técnico Cuca, do Botafogo.

Líder do Grupo A com nove pontos em três jogos, o Fla considera que uma vitória neste domingo praticamente o assegura nas semifinais da Taça Rio. Mas a concorrência do jogo contra o Nacional atrapalha. A maioria dos titulares está fora do duelo contra os alvinegros para focar no jogo de quarta-feira, pela Taça Libertadores.

Do time que começou contra o Botafogo na final da Taça Guanabara, quatro jogadores estarão em campo neste domingo: Bruno, Leo Moura, Jaílton e Toró. Porém, as lembranças do último duelo foram colocadas embaixo do tapete.

O discurso na Gávea passa longe de qualquer polêmica. Alvo dos botafoguenses após a comemoração do "chororô", Souza sequer ficará no banco de reservas.

- É hora de esquecer aquele jogo. Este clássico será muito difícil e respeitamos o Botafogo - diz o lateral-direito Leo Moura.
Ao mesmo tempo que foge do clima de revanche, o Botafogo precisa conviver com o tabu de quatro anos sem vitória sobre o Flamengo. Além disso, a preocupação é grande em tirar das costas o favoritismo, exatamente pelo fato de o Rubro-Negro estar recheado de reservas.

- Aí é que está o problema. Isso acaba nos colocando como favoritos, e espera-se que a gente vença de qualquer jeito. Mas do outro lado haverá jogadores querendo mostrar serviço - ressalta o atacante Wellington Paulista.

O Botafogo terá o time praticamente completo para o clássico. O zagueiro Ferrero, suspenso, é o único desfalque, e a equipe volta a contar com Renato Silva e Diguinho, que cumpriram castigo. Andre Luis, Edson e Eduardo disputam uma vaga na defesa, com mais chances para o primeiro, mais experiente.

Fonte: Globo Esporte
www.ConfionoMengao.blogspot.com - A confiança no Flamengo