A confiança no Clube de Regatas do Flamengo em forma de Blog !!! www.ConfionoMengao.blogspot.com

quinta-feira, 27 de março de 2008

Flamengo leva susto, mas goleia o Friburguense


Souza, Obina ou Diego Tardelli? Nenhum deles! Quem voltou a decidir foi Marcinho, que marcou dois gols na goleada por 4 a 1 do Flamengo sobre o Fribuguense, nesta quarta-feira, no Maracanã. Renato Augusto e Leonardo Moura fizeram os outros tentos rubro-negros. Léo Andrade marcou para o time da Região Serrana.

Com o triunfo, o Rubro-Negro seguiu na vice-liderança do Grupo A da Taça Rio, agora com 15 pontos, um a menos que o Fluminense. Com os gols, Marcinho passou a somar sete neste ano e se tornou o artilheiro do Flamengo na temporada.

O primeiro tempo mostrou um Flamengo muito superior ao Friburguense. Foram sete chances claras de gols, em duas delas Souza perdeu por excesso de individualismo. Em outros dois lances, os gols rubro-negros. O Friburguense só levou perigo em dois chutes de fora da área, um com Carlos Alberto e outro com Victor Hugo.

Em jogada característica do time de Joel Santana, o Flamengo abriu o placar: Juan cobrou falta para a área, o baixinho Marcinho se antecipou e, de cabeça, marcou, aos 19 minutos.

E o Friburguense não teve nem tempo de se reabilitar. Aos 20 minutos, Léo Moura apareceu pela direita e cruzou para a área. A bola sobrou para Renato Augusto, que soltou a bomba, marcando um golaço.

O time da Região Serrana, que precisava desesperadamente de uma vitória, voltou para a etapa final com todo gás e foi premiado logo aos dez minutos. Do lado esquerdo do ataque do Friburguense, Ziquinha lançou Léo Andrade, que pôs a bola na frente e marcou um golaço de pé direito.

A vitória rubro-negra chegou a estar ameaçada em dois lances: Léo Andrade, de letra, quase empatou. E Ziquinha, na jogada de maior perigo, perdeu chance claríssima aos 29 minutos.

O castigo a Ziquinha veio um minuto depois: Léo Moura, após receber belo passe de Obina, fuzilou o goleiro Adriano, rechaçando as possibilidades de um tropeço.

Apesar de fazer um péssimo segundo tempo, o Flamengo transformou sua vitória em goleada aos 39 minutos. Renato Augusto disparou desde sua intermediária de defesa e lançou Juan. O camisa 6 rubro-negro conduziu a bola até à área do Friburguense e empurrou para Marcinho, que fez o quarto.


FLAMENGO 4 X 1 FRIBURGUENSE

Estádio: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 26/03/2005 - 21h45min (de Brasília)
Árbitro: Simone Xavier
Auxiliares: Fernanda Lisboa e Lilian Fernandes
Renda/público: R$ 78.323,50 / 7.818 pagantes
Cartões amarelos: Cristian (FLA); Felipe Marques, Elan (FRI)
Cartões vermelhos:
GOLS: Marcinho, 19'/1º T (1-0); Renato Augusto, 20'/1ºT (2-0); Léo Andrade, 10'/2ºT (2-1); Léo Moura, 29'/2ºT (3-1); Marcinho, 33'/2º T (4-1)

FLAMENGO: Bruno, Leonardo Moura, Fábio Luciano, Ronaldo Angelim e Juan; Cristian, Toró, Ibson (Jônatas - 32'/2ºT) e Renato Augusto (Diego Tardelli - 36'/2ºT); Marcinho e Souza (Obina - 5'/2ºT) - Técnico: Joel Santana.

FRIBURGUENSE: Adriano, Éverton, Cadão, Felipe Marques e Gílson; Elan, Cassiano, Victor Hugo (Diego - 31'/2º
T) e Carlos Alberto (Guido - 24'/2ºT); Alex (Ziquinha - intervalo) e Léo Andrade - Técnico: Cleimar Rocha.

Fonte: LanceNet
www.ConfionoMengao.blogspot.com - A confiança no Flamengo