A confiança no Clube de Regatas do Flamengo em forma de Blog !!! www.ConfionoMengao.blogspot.com

quinta-feira, 20 de março de 2008

Joel crê que, sem capricho, Flamengo golearia o Nacional

O semblante de Joel Santana após a vitória por 2 a 0 do Flamengo sobre o Nacional apontava um sentimento: o alívio. A tranqüilidade, no entanto, não impediu o treinador rubro-negro de fazer algumas ressalvas sobre a atuação de seu time nesta quarta-feira.

- Poderíamos vencer por 3 a 0, mas, por capricho, vencemos apenas por dois, mas ficou de bom tamanho. Hoje (quarta-feira), não tivemos erros de defesa e, quando a equipe não erra, ganha mais moral. Foi um jogo para jogadores como Luizinho, Renato Augusto e Marcinho ganharem ritmo - festejou.

Joel apontou a obrigação da vitória como algo que dificultou ainda mais o jogo desta quinta-feira.

- O mais difícil desse jogo foi a pressão de ter de vencer, principalmente pelo que aconteceu no Uruguai. O grupo ficou tenso e esperávamos, talvezm um jogo mais difícil. Eles marcaram nosso meio-de-campo e utilizam duas linhas de quatro. O importante foi que voltamos à liderança do Grupo 4 - encerrou.


Marcinho: 'Foi a partida mais importante do ano'

O meia-atacante Marcinho, autor dos dois gols do Flamengo na vitória por 2 a 0 sobre o Nacional nesta quarta-feira pela Copa Libertadores, sabia que essa partida seria fundamental para o time no restante do ano. Sua declaração após o jogo mostrou bem isso.

- Foi o jogo mais importante do ano até o momento. Se perdêssemos haveria cobrança grande e a torcida iria reclamar. Demos uma resposta e jogamos como a Libertadores pede - afirmou Marcinho.

Além de aliviar a pressão sobre o time, Marcinho ressaltou a volta do espírito guerreiro que moveu o Flamengo no Campeonato Brasileiro do ano passado.

- Essa vitória foi a maior prova de que não perdemos o espírito guerreiro. Tivemos uma apresentação em que neutralizamos a bola aérea deles. Venho bem nos jogos da Libertadores. Isso tem dado confiança para o Joel me escalar nos jogos do Estadual.


Fonte: LanceNet
www.ConfionoMengao.blogspot.com - A confiança no Flamengo