A confiança no Clube de Regatas do Flamengo em forma de Blog !!! www.ConfionoMengao.blogspot.com

quarta-feira, 26 de março de 2008

Vitória em Cuzco dará vaga ao Fla

O empate que o Cienciano tanto buscou contra o Coronel Bolognesi, nesta terça-feira, em Tacna, pode ter sido mais que um bom resultado para o Flamengo se o clube brasileiro conseguir superar a altitude de 3.360m de Cuzco, suas limitações em jogos fora de casa e o próprio time peruano. Isto porque, se obter uma vitória no jogo do dia 9, a equipe carioca garantirá com uma rodada de antecipação a sua vaga nas oitavas-de-final no Grupo 4 da Taça Libertadores.

Mesmo que o Nacional derrote o 'Bolo' no próximo dia 3, em Montevidéu, o time rubro-negro ficará com a vaga se conquistar os três pontos seis dias depois, já que chegará a dez e só poderia ser alcançado na última rodada pelo time uruguaio (que estaria com nove pontos) ou Cienciano (com sete), pois ambos se enfrentam na última rodada, dia 23, em Montevidéu.

Um empate em Cuzco também não é mau resultado para o Rubro-Negro, pois ficaria apenas na dependência de uma vitória por qualquer placar na última rodada, no Maracanã, sobre o Coronel Bolognesi, que já estaria eliminado se confirmada a esperada derrota para o Nacional.

Com o 0 a 0 em Tacna, o Cienciano passou o Flamengo na liderança do Grupo 4, no saldo de gols (um contra zero). Ambos têm sete pontos, um a mais que o Nacional, que tem ótimas chances de assumir a liderança isolada (com um jogo a mais), se confirmar seu amplo favoritismo no jogo em casa do dia 3.

Assim, se houver empate no dia 9 em Cuzco, o Nacional manteria a liderança do grupo com nove pontos, seguido por Cienciano e Flamengo, ambos com oito. Embora o time rubro-negro ficasse, neste caso, fora da zona de classificação, pelo saldo de gols, uma vitória sobre o Coronel Bolognesi, dia 23, no Maracanã, deixaria o Flamengo com 11 pontos, e Nacional (nove) e Cienciano (oito) lutariam entre si pela outra vaga, em Montevidéu, no mesmo dia.

Nem derrota seria desastrosa

Uma derrota em Cuzco, porém, deixaria o Flamengo em situação menos confortável, mas, desde que não seja por goleada, ainda com boas chances. Isto porque a equipe de Joel Santana teria de vencer o time de Tacna com um número de gols que superasse o saldo de Nacional (que estaria com nove pontos, caso vença o Coronel Bolognesi) ou Cienciano (dez). Neste caso, o time rubro-negro, com dez pontos, só não dependeria do saldo de gols se o time de Cuzco derrotasse fora de casa o uruguaio.


Fonte: Globo Esporte

www.ConfionoMengao.blogspot.com - A confiança no Flamengo