A confiança no Clube de Regatas do Flamengo em forma de Blog !!! www.ConfionoMengao.blogspot.com

segunda-feira, 5 de março de 2012

Estaduais: muito ônus e quase nada de bônus.

Flamengo e Duque de Caxias fizeram neste domingo em Macaé mais um desses jogos do campeonato carioca em que se vê mais correria do que bons lances ou jogadas. E Com a vitória rubro-negra por 2x1, o time soma seus primeiros três pontos na Taça Rio. De quebra, somamos também mais um jogador no estaleiro e sem condições de ir para a partida de quinta-feira contra o Emelec pela Libertadores. Não perca as contas. Já são três titulares do Papai Joel: Léo Moura, Willians e agora o goleiro Felipe. Não contamos o Aírton que se machucou em treino. É, meu amigos, para isso que deve servir os Estaduais cada vez mais longos pelo Brasil: esvaziar estádios, trazer prejuízo financeiro aos clubes, gerar falsa expectativa nos torcedores e contundir jogadores. Em particular o Estadual do Rio, pra quê dois turnos quando as equipes grandes estão sempre na iminência de disputar a Copa do Brasil e Libertadores que se iniciam entre o final de fevereiro e início de março? Como dificilmente os times possuem elencos de ótima qualidade onde os vinte e tantos jogadores têm condições de serem titulares, é inviável ir para as duas competições dedicando o mesmo nível de prioridade e importância tendo que jogar as duas na mesma semana. Parece que agora os quatro grandes começam a sentir as dificuldades e planejam discutir com FERJ sobre a diminuição da quantidade de clubes participantes. Mas, infelizmente, caso seja levado adiante, isso é assunto que terá muitos desdobramentos tendo em vista que envolve outras partes e interesses. Enquanto isso nos resta aceitar a demora dos nossos times para se entrosarem, aos técnicos a dor de cabeça para escalarem os condicionados fisicamente que nem sempre são os melhores e, por fim, passarmos sufoco em competições que dizemos ser a menina dos nossos olhos.

Eduardo Matheus

5 comentários:

  1. Bom, ao menos para uma coisa os estaduais servem: Para desmascarar times que acham que estão com o melhor elenco do país, caso do Vasco e Fluminense. Ao mesmo tempo mostra que ainda dá tempo de ligar a luz vermelha e não ser surpreendido com um rebaixamento no Brasileirão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que o Estadual não deve acabar. Acredito ainda em sua vitalidade, MAS, desde que o número de participantes volta a ser de 12, NO MÁXIMO! O problema, todos nós sabemos, são as ligas e pequenas federações associadas à FFERJ. Elas tem um "poder de voto" muito grande, se é que me entendem... isso acaba mantendo um número grande de participantes.
      Mas se for pra arrumar outra fórmula, que seja uma em que os grandes clubes já estejam numa fase avançada e disputem com menos equipes ainda uma fase final de campeonato. Idéias não faltam! Mas executá-las... pra isso tem que ter coragem de encarar certas situações.

      Excluir
  2. Os campeonatos estaduais não pode acabar, são tradicionais, vários já fizeram centenários. No caso do Rj o que pesa é que no interior não se tem um time/clube bom como tem em São Paulo, por exemplo. Sempre a disputa é entre os 4 grandes. Sem contar que equipes tradionais como América, que ganhou 7 vezes, Bangu, Bom Sucesso hoje são equipes mediocres, que custa se manter, e com muita precariedade. "Equipes de empresários" e os "times das cidades" são os que vem destacando no últimos estaduais como os casos do Volta Redonda, Resende, Boa Vista e etc...

    Agora gosto da fórmula de Taça Rio e Guanabara, e também acho 16 exagerado...

    ResponderExcluir
  3. Se não querem acabar com o Estadual, deveria ser turno único. Sem esse negócio de Taça Guanabara e Taça Rio. Pra mim, o ideal seria pontos corridos e o quadrangular final. Esse ano, por exemplo, o Fluminense já teria sido campeão e pronto. Agora os 4 grandes estariam concentrados em Libertadores e Copa do Brasil. Seria saudável até mesmo para a qualidade do Carioca uma vez que os clubes pequenos seriam "obrigados" a terem times mais fortes se quisessem chegar numa semifinal, final ou até mesmo não brigarem para cair.

    ResponderExcluir
  4. A verdade é que tudo não passa de politicagem. Viram a notícia divulgada na coluna De Prima, do Lancenet? A diretoria do Flamengo posicionou o Clube contrário à redução do número de participantes do Estadual. Por que? Duas justificativas: a primeira, é que o Fla não aceitou ser liderado pelo Botafogo nessa empreitada. Acho isso ridículo, pois estamos visando um objetivo melhor para os clubes. A segunda jusrtificativa, essa não sei se é oficial, é o fato de Leonardo Ribeiro, o presidente do Conselho Fiscal do Clube, ter cargo na FFERJ. É difícil, né?

    ResponderExcluir

Prezado leitor(a),
Obrigado pelo seu comentário, dessa forma saberemos sua opinião.
PARTICIPE:
Nosso grupo no Facebook:
http://www.facebook.com/groups/confionomengao
Twitter:
@ConfionoMengao (Diogo Ferreira)
@ConfionoMengao1 (AF Sturt)

Desejamos muita saúde e paz para você!!!

Saudações Rubro Negra!

www.ConfionoMengao.blogspot.com - A confiança no Flamengo