A confiança no Clube de Regatas do Flamengo em forma de Blog !!! www.ConfionoMengao.blogspot.com

segunda-feira, 17 de março de 2008

Gigante avisa: "Nacional não sentirá pressão"


O destempero do Flamengo na derrota por 3 a 0 para o Nacional de Montevidéu - e que se repetiu no domingo, contra o Botafogo - deixou muitos torcedores buscando explicações. O atacante grandalhão Richard Morales, de 1,95m, da equipe uruguaia, tem a sua: o Fla sentiu a pressão da torcida no acanhado estádio Parque Central. E avisa que o mesmo não se repetirá com o Nacional no Maracanã, na próxima quarta-feira, pela Taça Libertadores.

- O Nacional é um time experiente, acostumado a jogar fora de casa, e que sabe lidar com a pressão e controlar um jogo. O Flamengo tem um bom time, mas me pareceu nervoso. O que acontece é que o Parque Central é um campo complicado, por causa da proximidade da torcida. Cria uma motivação extra para o time da casa e pressiona o visitante - afirma o jogador, autor de dois gols na vitória por 3 a 0, em entrevista por telefone ao GLOBOESPORTE.COM.

Uma vitória sobre o Nacional é fundamental para o Flamengo, que ocupa a terceira colocação do Grupo 4, com quatro pontos, dois a menos do que o time uruguaio e o Cienciano. O lanterna Coronel Bolognesi tem um ponto, obtido justamente no empate com o Fla.

"Isso acontece em todas as partes do mundo. O time tem que usar todas as armas possíveis Morales, defendendo a estratégia do gandula no jogo no Uruguai"

Morales não espera qualquer tipo de vingança por parte dos rubro-negros, pois acha que o Nacional nada fez de anormal. E a estratégia do gandula Nicolas Dominguez, que retardou a reposição da bola e ainda deu um chutinho nela quando Toró se aproximava?

- Isso é normal, acontece em qualquer lugar do mundo. O time tem que usar todas as armas possíveis - defende Morales.

O atacante uruguaio, que tem 33 anos e atuou cinco temporadas no futebol espanhol (no Osasuna e no Málaga), reprovou o comportamento do meia Toró, que empurrou o gandula e recebeu cartão vermelho.

- Foi uma atitude ruim, principalmente por se tratar de uma criança. Grande parte dos torcedores é formada por meninos, que podem perder a magia do futebol com um comportamento como esse.

Morales só esteve no Maracanã, "um estádio lindo e histórico", com a seleção uruguaia. E diz não saber se o Nacional vai partir ou não para o ataque contra o Flamengo.

- Isso é com o treinador.

Fonte: Globo Esporte
www.ConfionoMengao.blogspot.com - A confiança no Flamengo