A confiança no Clube de Regatas do Flamengo em forma de Blog !!! www.ConfionoMengao.blogspot.com

segunda-feira, 5 de março de 2012

O que realmente importa


Depois de mais uma atuação sem grande brilho no Campeonato Carioca ontem, diante do Duque de Caxias, mas dessa vez pelo menos com vitória (2 x 1, gols de Love e R10) o Flamengo começa uma sequência de jogos que "realmente importam".

Primeiro, na próxima quinta, o confronto contra o Emelec do Equador, pela segunda rodada da fase de grupos da Libertadores, depois, no domingo, o primeiro confronto contra o Fluminense no ano, um clássico que promete e na outra quarta novo confronto pela Libertadores, dessa vez contra o Olimpia, do Paraguai. O detalhe é que todos os três jogos serão no Engenhão.

Falo que agora são jogos que realmente importam porque penso não ser segredo pra ninguém que o real objetivo do Flamengo tem que ser a Libertadores. Confesso que é no mínimo estranho e anormal não ver o Flamengo ao menos numa final de Taça GB, sem falsas modéstias, acredito que a torcida rubro-negra já estava tão acostumada com essa situação que a eliminação nas semi-finais pelo Vasco foi algo bem incomum.

Porém esse algo incomum não pode abater o time. Se ainda se quer vencer o Carioca tem a Taça Rio, mas se isso não for levado tão a sério tem a Libertadores. Por mais que o time ainda não esteja com uma cara muito definida (penso ainda estarmos em um momento de transição Vanderlei-Joel, o atual time ainda não tem a cara do Papai Joel), a Libertadores tá aí e esses dois jogos são de extrema importância. Ainda mais em um grupo tão disputado como o Grupo 2, a conta é simples: vencer os três jogos em casa e conseguir o maior número de pontos fora. Por isso mesmo ainda sem um padrão de jogo definido e com inúmeros desfalques o Flamengo tem a obrigação de vencer esses dois jogos.

O duelo contra o Fluminense é um jogo a parte. Um clássico que, em caso de vitória trará, com certeza, muita moral pro time e que em caso de derrota, por outro lado, também pode atrapalhar muito as coisas.

Independente dessa situação de três jogos importantíssimos em sequência parece que, como bem disse o Jean nesse seu último texto, falta a presença mais viva, mais intensa do chamado craque do time, Ronaldinho Gaúcho. O camisa 10 há tempos não faz um bom jogo de fato (por mais que tenha ido bem no segundo jogo da Pré-Libertadores contra o Potosí atuações como as da primeira metade do Brasileirão 2011, pra não ir muito longe, já não vem acontecendo mais). Isso é um grande problema, afinal, se essa cobrança em cima dele surge é porque, teoricamente, ele teria de ser o cara que desequilibrasse os jogos, fizesse a diferença e ele não vem fazendo isso.

A culpa é só dele? É claro que não! Como já disse o time passa por um momento de transição e vários outros jogadores também não vem jogando o seu melhor futebol, mas a responsabilidade de R10 é e tem de ser maior.

Apesar de tudo: o futebol abaixo da média de boa parte do elenco, a eliminação na Taça GB, os vários desfalques e etc. eu ainda penso que esse elenco rubro-negro tem condições sim de brigar pela Libertadores, mais do que uma mudança de jogadores o que penso ser primordial de fato é uma mudança de atitude e de postura do time, tenho certeza que Joel também deve estar pensando parecido e que aos poucos ele vai ir implantando sua filosofia de jogo que, historicamente, sempre funcionou muito bem na Gávea.

Enfim, é isso. Vamos agora ao que realmente importa. Pra cima deles Mengo!

SRN
www.ConfionoMengao.blogspot.com - A confiança no Flamengo